• Bruno Real

Contos da NFL – O anel que Brady lamenta ter perdido

Recentemente, em uma entrevista para Shannon Sharpe durante uma videoconferência do draft-A-Thon Live, da NFL, Tom Brady revelou que ainda pensa no Super Bowl XLII - na derrota do New England Patriots para o New York Giants –, terminando com a temporada quase perfeita dos Patriots.



Quando questionado se trocaria dois de seus anéis pela oportunidade de vencer um Super Bowl em uma temporada invicta, Brady não titubeou e respondeu

“Eu faria... fácil”.

Anéis para trocar é o que não falta para Brady, mas, mesmo tendo batido vários recordes, ser o maior campeão de Super Bowls e ainda ser considerado por muitos o maior jogador de futebol americano de todos os tempos, é curioso ver que algo ainda incomoda TB12. A partir de hoje, vamos relembrar algumas histórias que marcaram a liga – e, claro, os times da AFC. No Contos da AFC Leste de hoje, contaremos a história do anel perdido de Tom Brady.


Tom Brady com os seis anéis conquistados pelos Patriots. Créditos: New England Patriots. All Rights Reserved.

Mas afinal, que temporada é essa que Brady ainda lamenta?


Trata-se da temporada de 2007. Os Patriots, de Bill Belichick, Tom Brady, Randy Moss, Wes Welker, Asante Samuel e companhia, estavam voando. Já com 3 Super Bowls no currículo (2001, 2003 e 2004), o time da Nova Inglaterra não tomou conhecimento de seus adversários na temporada regular.


Venceram times como o Indianapolis Colts de Peyton Manning, San Diego Chargers de Philip Rivers, Dallas Cowboys de Tony Romo, Pittsburgh Steelers de Ben Roethlisberger e até mesmo (curiosamente) o New York Giants de Eli Manning.


New England foi o único time a vencer uma temporada de 16 jogos de forma invicta e, consequentemente, detém até hoje o maior número de vitórias em uma temporada regular.


Nos playoffs, os Patriots bateram ainda o Jacksonville Jaguars no Divisional Round e o San Diego Chargers na final de Conferência, para chegarem ao Super Bowl XLII invictos, com 18-0 (somando temporada regular e os playoffs). A cereja do bolo, claro, seria vencer o Super Bowl e terminar de forma perfeita a temporada de 2007.


Mas os Patriots esqueceram de combinar isso com o New York Giants, que, mesmo sendo zebra nas apostas, surpreendeu a todos batendo o forte time de New England por 17 a 14, faturando assim o Super Bowl XLII.


Recepção milagrosa de David Tyree nos minutos finais do Super Bowl XLII. Créditos: NBC Sports. All Rights Reserved.

Alguém já conseguiu vencer o Super Bowl com uma temporada invicta?


Sim e foi outro time da AFC Leste: o Miami Dolphins. Foi na temporada de 1972. Na ocasião, a temporada regular era composta por 14 jogos ao todo. Miami venceu todos os seus 14 adversários, com destaque para um impressionante 52 a 0 em cima do New England Patriots.


Os Dolphins, liderados pelo coach Don Shula, ainda tiveram seu quarterback titular, Bob Griese, sofrendo uma lesão no tornozelo na semana 5, mas o veterano Earl Morrall assumiu a bronca e não decepcionou.


Após uma temporada de 14-0, os Dolphins bateram ainda o Cleveland Browns no Divisional Round e o Pittsburgh Steelers na final de Conferência, antes de irem para o Super Bowl VII.


No Super Bowl, reforçados pelo retorno de Bob Griese como titular, os Dolphins não deram margem para o azar e venceram o time de Washington por 14 a 7, se tornando assim o único time da história da NFL a ter uma temporada inteira perfeita, invictos de ponta a ponta.


Miami Dolphins: Campeão Invicto em 1972. Criador: George Widman. Créditos: Associated Press. All Rights Reserved.

O Brady ainda pode conseguir realizar essa proeza?


Poder, ainda pode. Mas convenhamos, seria um feito muito difícil. A começar pela mudança no calendário para 2021, que acrescenta um jogo a mais, deixando a temporada regular agora com 17 jogos, o que torna o caminho para uma temporada invicta ainda mais difícil.


Outro fator que dificulta uma campanha perfeita nos dias de hoje é o maior equilíbrio entre os times. A NFL de hoje em dia é muito mais competitiva do que em 1972, tendo um maior número de times fortes disputando o Troféu Vince Lombardi, pelas duas conferências.


Mas claro que ainda tem um ou outro favorito, um deles é o próprio time de Tom Brady, o Tampa Bay Buccaneers. Atual campeão do Super Bowl, os Bucs conseguiram a façanha de manter quase todo o seu elenco. Terão para 2021 todos os seus titulares, de defesa e ataque, e ainda contam com outras peças importantes na reserva.


Ainda assim, é muito difícil de imaginar que Tampa consiga vencer uma temporada de forma invicta, ainda mais tendo pela frente times como Los Angeles Rams, Buffalo Bills e o Kansas City Chiefs de Patrick Mahomes. Fora os rivais de divisão, que são sempre complicados de vencer, ou até mesmo o New England Patriots, que terá Bill Belichick e o Gillette Stadium lotado para receber com muito “carinho” Tom Brady e Rob Gronkowski.


Mas uma coisa é certa: apesar de parecer uma missão impossível, eu já aprendi que de Tom Brady não podemos duvidar jamais.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png