• Pedro Zaniol

Complicado... Os 5 piores elencos da NFL em 2022

Uma das coisas mais legais da NFL, é que a liga preza muito pelo equilíbrio de todas as suas 32 franquias, pois se todos os times são competitivos, todos os jogos são bons e disputados, e assim o produto acaba sendo o melhor possível.


É obvio que tudo isso é lindo na teoria, mas na prática, as franquias ainda são comandadas por seres humanos, e como todos nós, as pessoas envolvidas nesse processo de montar um time de futebol americano erram. Mas mesmo errando, é muito difícil uma franquia passar muitos anos sem ser competitiva e conseguir uma vaga para os playoffs.


A liga não quer que isso acontece, por isso todos os times têm um teto salarial que não é possível ultrapassar, e existe também o draft, que premia os piores times de uma temporada com a possibilidade de escolher os melhores jovens vindos do college no ano seguinte.


Desde 1994, quando o teto salarial foi imposto na NFL, o recorde de tempo que um time ficou sem ir para os playoffs foi de 17 temporadas, o Buffalo Bills conseguiu esse feito entre 2000 e 2016 e o Cleveland Browns entre 2003 e 2019. Atualmente, ambos esses times tem elencos considerados um dos melhores da liga, e são franquias relevantes na disputa pelo título nesse e nos próximos anos.


Isso prova que durante a sua vida, você com certeza vai ver o seu time ser bom e disputar partidas de playoffs, o título é algo muito difícil, apenas 1 de 32 leva, mas participar da dança já é extremamente divertido.


Para que isso aconteça e a franquia consiga formar um elenco forte e competitivo, muitas vezes essas equipes precisam ter anos difíceis, com pouco talento e poucos gastos na folha salarial, assim essa equipe consegue acumular talento e o lapidá-lo para que um dia esse time seja bom.


É com essa explicação de como funciona os ciclos da NFL, que eu trago para vocês a lista com os 5 piores elencos da temporada 2022, times que estão em um momento de reconstrução, acumulando talento, para quem sabe um dia brilhar no futuro. Sem mais delongas, esses são os 5 piores elencos de 2022:


5. New York Giants


Bill Streicher/USA Today Sports

A chegada do novo treinador Brian Daboll deve ajudar bastante esse elenco, e ele deve conseguir tirar mais do que o time oferece. Mas é uma equipe com muitos buracos, Daniel Jones claramente não é a resposta para o futuro, tanto que a franquia nem exerceu a sua opção de 5º ano do contrato do quarterback, o time fez boas adições na linha ofensiva, mas ela ainda está próxima da média. O restante do ataque até parece bom no papel, mas vários desses jogadores não conseguiram ir bem no Giants e tem problemas com lesões e Saquon Barkley nunca mais conseguiu repetir o espetacular ano de calouro.


A defesa começa bem nas trincheiras, tem uma boa linha ofensiva, mas o corpo de linebackers é fraco e a secundária piorou bastante da temporada passada, é um time em reconstrução, com novo treinador e general manager, e deve ter um ano difícil em 2022.


4. Jacksonville Jaguars


90goals.com.br

Quando um time seleciona na primeira escolha de um draft, esse é um grande sinal de que seu elenco é ruim. Quando uma franquia consegue a proeza de escolher em primeiro por 2 anos seguidos, é porque esse time tinha sérios problemas. É exatamente isso que vive o Jacksonville Jaguars, o pior time em vitórias na NFL nas duas últimas temporadas.


Mas uma das coisas mais legais da NFL, é que ela puxa na marra suas franquias em direção a média, com o draft e teto salarial, as franquias ruins acabam conseguindo achar algum talento, e é esse o momento do Jaguars, depois de um terrível experimento com Urban Meyer em 2021, o time investiu na free agency, e tem dois grandes jovens em Trevor Lawrence e Travon Walker para construir um time ao redor deles.


O elenco ainda é um dos piores da NFL, mas a flexa enfim está virada para cima, e a franquia deve começar a ver evolução em 2022.


3. Chicago Bears


Após 7 anos com Ryan Pace como o General Manager e 4 anos com Matt Nagy como treinador, o Chicago Bears resolveu que era a hora de começar tudo de novo. Não dá para dizer que a franquia está começando do zero (motivo para ela não ser a nº 1), pois na posição mais importante do esporte, a de quarterback, o time parece ter encontrado a sua solução em Justin Fields.


E é exatamente por conta dele que a franquia resolveu resetar tudo, ao perceber que Nagy e Pace estavam mais atrapalhando do que ajudando Fields, Chicago puxou logo o band-aid e demitiu os dois. O general Manager Ryan Poles e o treinador Matt Eberflus chegam para ajeitar a casa. Só que para fazer isso, o time se livrou da grande maioria de seus veteranos (e melhores jogadores), com o objetivo de renovar o elenco e criar espaço na folha salarial para o futuro.


O elenco do Bears é tranquilamente um dos 3 piores da NFL, vai sofrer muito em 2022, mas a esperança da franquia e de seus torcedores é que esse sofrimento em 2022 venha para que o time colha frutos no futuro e cresça.


2. Atlanta Falcons


atlantafalcons.com

Atlanta demorou para perceber, tentou tirar ao máximo o que dava daquela ótima espinha dorsal que chegou no Super Bowl em 2016, mas quando se deu conta, aqueles jogadores já não eram nem mais sombra do que já foram, e com isso, o time ficou velho e sem talento. Os dois últimos anos de Matt Ryan à frente do Falcons foram bem melancólicos, com o time vencendo 4 e 7 jogos.


Antes tarde do que nunca, Atlanta enfim percebeu que o elenco precisava de uma reestruturação, o time trocou Matt Ryan para o Indianapolis Colts e praticamente não investiu na free agency. Só renovou com seus bons jogadores e trouxe veteranos bem oks em contratos de um ano para completar o elenco. Sua principal contratação foi o quarterback Marcus Mariota, reserva nas duas últimas temporadas, para ser o titular.


Esse movimento deixa os planos do Falcons bem claros, a franquia quer escolher alto no draft, para selecionar o seu quarterback do futuro e aí sim começar a montar um time competitivo ao seu redor. Mas para que isso aconteça, em 2022 o elenco é o contrário de competitivo, é um dos piores times da NFL.


1. Houston Texans


houstonchronicle.com

O elenco do Texans já dava sinais que era ruim a alguns anos, tudo começou quando Rick Smith, General Manager da franquia desde 2006, se aposentou em 2018. Para seu lugar, Houston contratou Brian Gaine, mas após apenas 1 ano no cargo, ele foi demitido sem a franquia dar uma explicação razoável (o time foi para os playoffs em 2018 e venceu 11 jogos).


Como a demissão foi inesperada e próxima da temporada 2019, a franquia não contratou um novo general manager e deu o poder ao treinador Bill O’Brien. A decisão foi muito ruim, mas como o Texans teve sucesso em campo, vencendo 10 jogos e 1 partida de playoffs, os dirigentes da equipe acharam que O’Brien fez um bom trabalho (quando na verdade era o contrário) e o efetivaram na posição de GM para 2020.


Após ser efetivado, ele começou com tudo, trocou DeAndre Hopkins (um dos melhores wide receivers da NFL e principal alvo de Deshaun Watson) por David Johnson, um running back que voltava de lesão e não estava mais nos seus melhores anos, e uma escolha de 2ª e 4ª rodada.


A troca foi muito criticada imediatamente, junto com outras movimentações do agora treinador/gm, assim, ele entrou na temporada já pressionado, após um começo ruim de 0-4, foi demitido. No final da temporada, depois de um ano extremamente decepcionante de 4 vitórias e 12 derrotas, Deshaun Watson pediu para ser trocado da franquia (meses depois iria estourar toda a polêmica na qual ele está envolvido até hoje.)


Resultado de tudo isso, o Texans entrava na temporada 2021 sem quarterback, treinador, general manager e com um dos piores elencos da NFL. Estava na cara de que o time precisava de uma reestruturação completa.


Nomeou Nick Caserio como o GM, contratou o treinador David Culley e draftou Davis Mills com sua primeira escolha do draft de 2021 (na terceira rodada, graças a Bill O’Brien) para que o time começasse do zero.


Agora o motivo do Texans ser o número 1 dessa lista. Em 2021, a franquia queria ser a pior da NFL, os dirigentes não fizeram nenhuma força para melhorar o elenco, a equipe queria trocar Watson e ter escolhas altas de draft para escolher outro quarterback e renovar seu elenco. Nas casas de aposta, eles tinham as melhores odds para serem os piores times da NFL.


O problema é que David Culley, treinador contratado, fez um ótimo trabalho, tirou muito mais do que esse elenco tinha a oferecer, venceu 4 partidas e colocou o Texans a frente de outros dois times na temporada, contrariando o plano dos dirigentes da franquia. Como eles premiaram o treinador por seu bom trabalho? Com uma bela demissão.


Com várias escolhas de draft do Cleveland Browns, que trocou elas por Deshaun Watson, o plano de Houston para 2022 é o mesmo de 2021, ser o pior time da NFL. Não contratou ninguém relevante na free agency (usou a mesma estratégia do Falcons de vários jogadores oks por 1 ano), não draftou um quarterback e efetivou o coordenador defensivo Lovie Smith para a posição de treinador principal.


Tem o pior elenco da liga, mas já começou a sua reconstrução com as escolhas de draft desse ano. Provavelmente vai escolher um quarterback no próximo draft e usar as suas escolhas (e as de Cleveland) e o espaço na folha salarial para enfim começar a reforçar o seu time.



Esses são os 5 piores elencos da NFL em 2022. Você concorda com essa lista? Tiraria algum time daí? Quem você colocaria no lugar desse time que você tirou? Conte para a gente nos comentários quem são os 5 piores times da NFL em 2022 na sua opinião.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png