• Pedro Zaniol

Como Travon Walker vai ser utilizado na defesa do Jaguars?

2021 foi um ano para se esquecer em Jacksonville, pela segunda vez consecutiva, o time teve a pior campanha da NFL, se juntou a Houston Oilers, Tampa Bay Buccaneers (duas vezes), Dallas Cowboys, New York Jets e Cleveland Browns como as únicas franquias que conseguiram ter a pior campanha da liga por dois anos consecutivos.



O pior de tudo isso, é que depois de selecionar o quarterback Travor Lawrence com a primeira escolha geral de 2021, Jacksonville não estava mais tankando, estava jogando a temporada de maneira séria, para conquistar o maior número de vitórias possíveis e desenvolver o seu quarterback do futuro.


A temporada foi uma tragédia, Lawrence não foi bem lapidado em seu primeiro ano, o treinador Urban Meyer, grande nome no College que veio como uma aposta para a NFL, se envolveu em diversos problemas de vestiário e foi demitido depois da semana 14, com uma campanha de 2 vitórias e 11 derrotas.


Com todo esse desastre que foi a temporada, Jacksonville teve que mais uma ver apertar o botão de recomeçar, e iniciou tudo do zero. A comissão técnica mudou completamente, saiu o Head Coach Urban Meyer, o coordenador ofensivo Darrell Bevell, o coordenador defensivo Joe Cullen e diversos outros assistentes, e para seus lugares vieram Doug Pederson, para ser o Head Coach, Press Taylor como coordenador ofensivo e Mike Caldwell para ser o coordenador defensivo.


James Gilbert/Getty Images

A primeira missão dessa comissão técnica era decidir, junto com o General Manager Trent Baalke, que jogador escolher com a primeira escolha geral do draft. O time tinha algumas opções, podia escolher um jogador de linha ofensiva, para proteger o seu quarterback segundanista, com nomes como Evan Neal e Ikem Ekwonu, ou draftar um jogador para a linha defensiva do time, onde os nomes mais mencionados eram os de Aidan Hutchinson e Travon Walker.


A franquia decidiu escolher Travon Walker, edge rusher de Georgia, a Universidade que foi campeã nacional com a melhor defesa do college. Walker é um jogador extremamente abençoado fisicamente, um monstro, mas que jogou em posições diferentes em alguns anos em Georgia, e por conta disso, tem uma técnica de pass rush menos afinada do que de outros prospectos do draft.


O Jaguars decidiu ir para o home run, ao invés de escolher um jogador mais preparado, mas que não teria o potencial de virar uma superestrela, eles decidiram selecionar o atleta que tem o potencial de se tornar uma estrela na liga.


Como eu mencionei acima, Walker jogou em mais de uma posição em Georgia, vindo do high school, Travon Walker era um defensive tackle, nos seus dois primeiros anos de universidade, era o terceiro defensive tackle da rotação, jogando atrás de Jordan Davis e Devonte Wyatt, jogadores que também foram draftados em 2022, a cada ano que passava, ele ganhava mais snaps.


Durante a intertemporada de 2021, o treinador de Georgia, Kirby Smart, ao descobrir que Wyatt e Davis voltariam para mais um ano no college, decidiu que seria um desperdício manter Walker como o terceiro defensive tackle, por ele ser muito bom. Smart então conversou com o jogador, e o informou que ele jogaria como defensive end em 2021. Walker então diminuiu de peso, e começou a treinar movimentos de pass rush. Em seu primeiro ano jogando na posição, ajudou o time a ser campeão nacional, foi o segundo jogador de Georgia que mais deu sacks na temporada e para completar, quando Wyatt ou Davis descansavam, chegou a jogar alguns snaps em sua antiga posição, como defensive tackle.


Todd Kirkland, Getty Images

Mas como o Jacksonville Jaguars vai utilizá-lo em sua defesa? A franquia da NFL, assim como Georgia, usa o esquema defensivo 3-4, ou seja, o time joga com 3 jogadores de linha defensiva e 4 linebackers em campo. Em um primeiro momento, o mais correto seria imaginar que Walker teria o seu papel de Georgia em 2021 reprisado no Jaguars em 2022, como o defensive end do time.


Mas não é isso que pensa a comissão técnica, pelos primeiros treinamentos e entrevistas dadas, Travon Walker vai jogar na posição de Outside Linebacker. Em uma defesa 3-4, normalmente 4 jogadores ficam na linha de scrimmage, dois defensive tackles, um defensive end e um outside linebacker, enquanto os defensive tackles e defensive end jogam com a mão tocando no gramado antes do snap, mais alinhados com a linha ofensiva do adversário, o outside linebacker joga um pouco mais aberto, ao lado do offensive tackle do outro time, e com as mãos sem tocar o gramado, em uma posição mais vertical no campo.


Essa diferença acontece, pois, os defensive tackles e ends, além de ir atrás do quarterback, também tem como obrigação ocupar os espaços entre a linha ofensiva, visando fechar o caminho para o running back em caso de jogada de corrida. No caso do outside linebacker, ele tem um trabalho mais focado, seu objetivo é derrubar o quarterback, por isso ele fica nessa posição em campo, para que possa usar toda a sua explosão, força e velocidade no duelo 1 contra 1 com o offensive tackle adversário.


É a mesma posição que Khalil Mack e Von Miller jogam na NFL. Essa função vai ser uma novidade para Walker, que nunca fez esse papel enquanto jogava em Georgia. A comissão técnica já vai coloca-lo nessa posição desde o início, pois é aonde imagina que o jogador vai jogar durante toda a sua carreira, assim, vai ganhar experiência mais rápido, além disso, é uma posição que tem um pouco menos de responsabilidade que a posição de defensive end, e por ter como maior foco os sacks, também é uma função que acaba conseguindo mais estatísticas (algo muito importante para um jogador cru que foi a primeira escolha geral do draft, se não tiver estatísticas boas, a torcida e a mídia vão questionar a sua escolha).


A minha única preocupação, é que Travon ainda não tem muitos movimentos de pass rush, quase não teve tempo de aprender isso no college pois só jogou um ano fazendo isso, e não vai ter muito tempo para aprender antes da temporada começar. Sendo assim, ao coloca-lo para jogar com offensive tackles experientes, literalmente os melhores jogadores do mundo na proteção do quarterback, a chance de Walker conseguir produzir contra eles em um jogo é muito pequena.


nbcsports.com

Na minha opinião, por ser um atleta extremamente forte e atlético, e por já ter feito uma função muito parecida por 3 anos no college, o ideal seria deixar o novato como defensive end do time nesse primeiro ano, enquanto aprende movimentos de pass rush, e quando ele já estiver mais polido, aí sim o time poderia colocar ele para jogar como outside linebacker.


E para o torcedor do Jaguars, gostou da posição que Travon Walker vai jogar? Acha que ele vai conseguir produzir no seu primeiro ano? Ou acredita que ele ainda precisa de um tempo? Responda para a gente e nos conte também nos comentários, qual a sua expectativa para o jogador em sua primeira temporada da NFL?

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png