• Mateus Bertuol

Commanders e Saints demonstram interesse em Sam Howell

Definitivamente no mês do Draft, a busca por quarterbacks é uma das melhores partes do evento, ainda mais neste ano em que a classe não possui um grande destaque principal. Na última semana foi a vez de Sam Howell, prospecto vindo de North Carolina, ter seu pro day, e times como Saints e Commanders enviaram vários funcionários para acompanhar o treinamento do QB.



De acordo com Tony Pauline, do Pro Football Network, o New Orleans Saints, juntamente com o Washington Commanders, foram as franquias com o maior número de profissionais acompanhando o pro day de Sam Howell, quarterback de North Carolina. Pauline destacou que na delegação de Washington estava presente o vice-presidente executivo Marty Hurney, enquanto o diretor de scouting Jeff Ireland marcou presença por New Orleans.


Vale lembrar que ambos os times já possuem seus QBs para 2022, ou é o que parece. Washington trocou, recentemente na offseason, por Carson Wentz, que estava até então no Indianapolis Colts. Já New Orleans renovou por mais dois anos com Jameis Winston, e dias atrás assinou com o veterano Andy Dalton. No entanto, a procura por um calouro como Sam Howell, que possui valor de primeira rodada, pode mostrar que tanto Saints quanto Commanders não estão tão satisfeitos com seus atuais quarterbacks.


Grant Halverson/Getty Images

Sam Howell é um quarterback de 21 anos que atuou por três anos no College Football, todos pela Universidade de North Carolina. Em termos de produtividade, sua última temporada foi a pior no futebol americano universitário, mesmo acumulando 3056 jardas passadas, 24 TDs e 9 INTs em 2021. Porém, no último ano Howell foi muito mais usado no jogo terrestre, tendo mais do que o dobro de tentativas comparado a 2020, e acumulando 828 jardas e 11 TDs corridos. Ao todo em sua carreira no College, o QB registra 10283 jardas passadas, 1009 corridas, 109 TDs totais e 23 interceptações.


Contudo, Howell parece estar um degrau abaixo de Kenny Pickett e Malik Willis, que atraem mais os holofotes para saírem primeiro no Draft. Pickett, QB de Pittsburgh, obteve sua melhor temporada no ano passado, passando para mais de 4000 jardas pela única vez na carreira, e conseguindo incríveis 42 TDs aéreos, com 7 interceptações. Já Willis, vindo de Liberty, obteve dois anos muito parecidos em 2020 e 2021, e é o QB com maior potencial atlético deste Draft. Willis quase alcançou as 1000 jardas corridas em 2020 e no ano passado anotou 13 TDs pelo chão, além de outros 27 passados.


Sam Howell está numa prateleira juntamente com Matt Corral, de Ole Miss, e Desmond Rider, de Cincinnati. Os três até podem serem escolhidos na primeira rodada, mas não será surpresa caso passem das 32 primeiras escolhas. Com Washington e New Orleans de olho, o começo de Sam Howell na NFL pode ser no banco de reservas, sabendo que ambas as franquias investiram em quarterbacks nesta free agency.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png