• Rodrigo Pereira

Com uma defesa dominante, Chiefs vencem Cardinals por 17-10

Na última sexta-feira (20/08), o Arizona Cardinals recebeu o Kansas City no University of Phoenix Stadium pela 2ª semana da pré-temporada. A partida, que terminou com o placar de 17-10 para os Chiefs, começou em um ritmo lento e foi melhorando através de uma boa performance defensiva por parte de ambas as equipes. Com o resultado, Kansas City soma sua segunda vitória na preseason, enquanto os Cardinals sofrem seu primeiro revés após terem derrotado os Cowboys na semana 1.



Em comparação à partida contra os 49ers, Mahomes teve mais minutos em campo e, mesmo assim, foi insuficiente. A única pontuação dos Chiefs com seu QB titular under center foi em um field goal do kicker Harrison Butker e, além disso, Mahomes teve uma interceptação no terço final do campo, um erro incomum por parte do MVP do SB LIV. A reformulada linha ofensiva titular de Kansas City esteve em campo durante todo o primeiro tempo, indo muito bem nos bloqueios de passe e, caso siga a tendência de evoluir com o decorrer dos jogos, deve facilitar imensamente a vida de Mahomes após uma performance catastrófica de seus protetores contra a defesa dos Buccaneers no último Super Bowl.


Patrick Mahomes teve uma performance abaixo de seu padrão contra os Cardinals. Créditos: Christian Petersen/Getty Images

No entanto, o signal-caller dos Chiefs não foi o único a ir mal na partida. Kyler Murray, quarterback titular de Arizona, atuou em 3 drives, completando apenas um passe e não conseguindo sequer uma primeira descida. Murray não tinha feito sua estreia contra Dallas e seu desempenho contra Kansas City preocupa, visto que, além dos 3 Three-And-Out, foi sackado duas vezes e cometeu um fumble, recuperado pelo OL segundanista Josh Jones. É inegável dizer que ataque titular dos Cardinals sofreu como um todo e, para que uma unidade extremamente talentosa atinja as expectativas, o head coach Kliff Kingsbury deverá fazer ajustes antes do início da temporada regular.


Após a saída de Sammy Watkins, o posto de recebedor número dois dos Chiefs deve ser ocupado por Mecole Hardman que, apesar de ser muito veloz com a bola nas mãos, não se mostra efetivo em passes longos e deixou a desejar em suas duas primeiras temporadas na NFL. No entanto, Hardman foi muito bem na partida contra os Cardinals, dando esperanças à torcida com um belíssimo catch na end zone para um touchdown de 17 jardas em passe de Chad Henne, além de outras três recepções ao longo do jogo. Já o posto de WR3 tende cada vez mais a Byron Pringle que repetiu a boa atuação que teve contra San Francisco e liderou os pass catchers dos Chiefs com 63 jardas recebidas. Pringle briga pela posição com o experiente Demarcus Robinson, com o calouro Cornell Powell e até mesmo com Daurice Fountain, recebedor que está demonstrando seu valor durante a pré-temporada e deve garantir uma vaga no elenco final.


Com uma bela recepção, Mecole Hardman anotou o primeiro touchdown dos Chiefs na partida. Créditos: Joe Camporeale/USA TODAY Sports

Quanto à disputa pelo posto de 3º quarterback da equipe, o calouro não draftado Shane Buechele deu mais um passo à frente de Anthony Gordon. Além de ter tido mais snaps do que Gordon, Buechele liderou os QBs de Kansas City em jardas passadas e anotou um TD em passe para o running back Jerrick McKinnon, outro jogador que vem se destacando com a camisa dos Chiefs na pré-temporada e, por isso, deve garantir tanto uma vaga no elenco final quanto talvez o posto de RB2 do time. Os fatores que estão contra Buechele na corrida pelo cargo são o fato de que ele lançou uma interceptação bizarra nas mãos do safety Charles Washington e a possibilidade de KC ir para a temporada com apenas 2 quarterbacks no elenco, sendo eles Mahomes e Henne.


Pelo lado de Arizona, a briga por vagas no elenco final pelo lado ofensivo também está a todo vapor. Colt McCoy foi quem novamente teve um maior número de snaps e deve ser o QB2, mas é inegável que as performances de Chris Streveler na pré-temporada têm sido dignas de um espaço entre os 53 selecionados. Tendo jogado apenas um drive, Streveler foi o quarterback responsável pelo único touchdown dos Cardinals na partida e está se redimindo da terrível performance que teve contra os Rams na semana 17 da última temporada. Entre os wide receivers, o destaque vai para Greg Dortch, que foi líder em jardas recebidas pelo lado de Arizona e briga diretamente com Keesean Johnson e Andy Isabella por um espaço no roster.


O WR Greg Dortsch teve mais uma boa atuação e deve brigar por uma vaga no elenco de Arizona. Créditos: Billy Hardiman/USA TODAY Sports

Mais uma vez, o destaque de Kansas City foi sua defesa, computando 5 sacks e uma bela interceptação de Juan Thornhill antes do intervalo. Para se ter uma noção, a unidade defensiva dos Chiefs foi tão dominante no primeiro período da partida que a equipe de Arizona registrou um saldo de 1 jarda negativa. Chis Jones, por sua vez, parece estar se beneficiando muito da chegada de Jarran Reed, visto que agora tem mais liberdade para pressionar o QB adversário e foi um dos principais personagens de KC no jogo. Antes visto como o setor mais fraco do time, a defesa dos Chiefs está mostrando durante a pré-temporada que possui boa profundidade nas trincheiras e que pode, junto ao poderoso ataque comandado por Patrick Mahomes, fazer com que a equipe no geral seja ainda mais dominante em 2021.


À medida que o destaque da defesa de Kansas City foi o pass rush, a unidade defensiva dos Cardinals teve a contenção de passe como ponto positivo. Com 2 interceptações no jogo, a boa atuação da secundária anima a torcida de Arizona, uma vez que foram realizados alguns investimentos no corpo de cornerbacks durante a offseason com o intuito de fortalecer um setor carente de talento e que, para 2021, contará com a evolução de Byron Murphy e com a experiência de nomes como Budda Baker, Malcolm Butler e Robert Alford. O linebacker calouro Zaven Collins, escolha de primeira rodada do draft, repetiu o grande desempenho que teve contra os Cowboys, sendo extremamente eficiente na leitura do ataque adversário.


Byron Murphy interceptou Mahomes na end zone e foi peça importante para o bom desempenho da secundária dos Cardinals. Créditos: Christian Petersen/Getty Images

No último confronto antes do pontapé inicial da temporada da NFL, os Chiefs receberão os Vikings no Arrowhead Stadium, às 21h da próxima sexta-feira (27/08, horário de Brasília). Já os Cardinals, buscando recuperação, visitam o New Orleans Saints no sábado (28/08), também às 21h no horário de Brasília.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png