• Aloisio Junior

Com touchdown voador de McKissic, Washington derruba Falcons em Atlanta

A partida entre Washington e Atlanta teve emoção até o final! Os quarterbacks deram um show durante todo o jogo, trocando de liderança inúmeras vezes, mas o time da capital saiu vitorioso por 34 a 30 com uma incrível recepção do RB J.D. McKissic que passou voando por cima do pylon para assegurar o touchdown faltando menos de um minuto para o fim.



Já era esperado um jogo apertado como esse, porém não com tantos pontos. Os dois ataques foram muito explosivos e marcharam em campo como bem entenderam durante a maior parte do tempo.


Para Washington, a vitória é importantíssima para não se distanciar na briga pelo título da divisão NFC East. Agora, Washington está em segundo lugar, uma vitória atrás do líder Dallas Cowboys. Para Atlanta, a derrota tem cheiro de dejà vu. Nos últimos anos, o torcedor dos Falcons cansou de ver seu time perdendo nos últimos instantes, trazendo memórias nada agradáveis à mente.


Apesar da derrota, Matt Ryan tem jogo primoroso


Kevin C. Cox/Getty Images

Os Falcons começaram a partida impondo muito bem o seu tradicional estilo. Com um ataque bem diversificado, o ataque teve uma excelente campanha até chegar à redzone. Dentro da linha das 20 jardas de Washington, a defesa cresceu e forçou um field goal que deu a liderança para a equipe no início do jogo.


Porém, tudo parou por aí mesmo. Na campanha seguinte, o ataque voltou ao velho padrão de corridas que raramente vão a algum lugar. O jogo terrestre dos Falcons continua extremamente ineficiente: o running back principal, Mike Davis teve apenas 14 jardas conquistadas em 13 carregadas.


Dessa vez, o técnico mudou de esquema mais rápido e deixou Matt Ryan trabalhar a partir de shotgun, onde fez a maior parte do seu estrago. O veterano manteve o padrão de atuação que teve na semana anterior contra os Giants e novamente comandou o ataque com maestria. Matt Ryan lançou para 283 jardas, 4 TD’s e 0 interceptações, acumulando um rating de 111,5.


O maior destaque com a bola nas mãos foi o versátil Cordarrelle Patterson. Além de ter sido o principal corredor, com 34 jardas em apenas 6 jogadas, também liderou a equipe em jardas recebidas, com 82.


O andarilho que já foi eleito quatro vezes ao Pro-Bowl, parece ter encontrado a sua melhor forma agora, em sua nona temporada na NFL. Contra Washington, ele teve sua primeira partida da carreira com 3 recepções para touchdown.





Taylor Heinicke é pura emoção


USA Today Sports

Taylor Heinicke também teve uma ótima partida, mas, como de costume, fez os torcedores tomarem alguns sustos. O quarterback lançou para 290 jardas, 3 TD’s e nenhuma interceptação, porém teve dois passes mandados nas mãos dos defensores que não conseguiram segurar. Heinicke também teve um bom dia correndo com a bola; foram 43 jardas em 5 tentativas, uma ótima marca.


O seu principal alvo foi Terry McLaurin. O recebedor é uma verdadeira máquina de jogadas explosivas; toda vez que toca na bola, temos certeza que teremos uma boa jogada. Das cinco recepções que teve, quatro foram para mais de 20 jardas, disparadamente a melhor marca da partida. Não é sempre que um jogador está à altura do seu apelido, mas o Scary Terry assusta muitas defesas com sua velocidade. Ele terminou o jogo com 120 jardas aéreas recebidas.


McLaurin também foi o responsável por pegar um passe maluco de Heinicke. Depois de driblar alguns defensores dentro do pocket, o QB simplesmente mandou a bola para cima. O detalhe é que a jogada era apenas uma primeira descida, ou seja, não havia nenhum motivo para o desespero. Taylor Heinicke deveria comprar alguma coisa de presente para o recebedor depois desse lance.





O Gran Finale


O TD de McLaurin dava a chance de Washington empatar a partida com uma conversão de dois pontos. Depois de duas tentativas, após faltas de ambos os times, o ataque não conseguiu pontuar.


Com a vantagem, os Falcons tiveram a oportunidade de rodar o cronômetro até o final se conquistassem algumas primeiras descidas. Apesar da boa partida até então, Matt Ryan não conseguiu converter uma terceira para 9, sua única oportunidade de lançar na campanha.


Os Falcons devolveram a bola para Washington faltando pouco menos de 2 minutos de partida.Taylor Heinicke já tinha levado um drive para a vitória na partida contra os Giants, duas semanas antes, e teria mais uma chance nesse jogo.


O QB do time da capital não decepcionou. Com bons passes, Heinicke conseguiu levar o time ao campo de ataque rapidamente. Faltando 46 segundos, em uma terceira para 7, a melhor jogada da partida ocorreu. Mesmo com apenas três jogadores no pass rush, Taylor Heinicke sai do pocket e quebra uma das principais regras do scramble: não arremessar para o outro lado do campo.


J.D. McKissic faz a recepção, ganha na corrida de alguns defensores e voa para entrar na endzone. Somente depois de alguns segundos de discussão que as zebras em campo dão o touchdown que seria confirmado na revisão.





Infelizmente para o torcedor dos Falcons, a atuação de Ryan não foi o suficiente para chegar a vitória. O quarterback teve a chance de ter uma última campanha faltando apenas 33 segundos, mas a tentativa desesperada de hail mary no estouro do cronômetro foi mal sucedida.


Próximos confrontos


Após a derrota, Atlanta (1-3) viajará para Londres onde enfrentará os Jets (1-3) no Tottenham Hotspur Stadium no domingo (10) de manhã. Essa pode ser uma ótima oportunidade para se recuperar rapidamente na competição contra uma equipe ainda em construção.


Washington (2-2) receberá os Saints (2-2) no domingo (10), às 14h, com a intenção de manter a sequência positiva. Depois da boa atuação, eles tem todos os motivos para confiar em uma vitória.


BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png