• Mateus Bertuol

Com boas expectativas na temporada, Eagles recontratam Fletcher Cox

Pouco depois de terem o dispensado, o Philadelphia Eagles anunciou o retorno do DT Fletcher Cox em um contrato de um ano. O movimento inicial de corte foi realizado para evitar com que US$ 18 milhões se tornassem garantidos para o defensor, e de acordo com Adam Schefter, o novo acordo é de um ano valendo US$ 14 milhões, mostrando que os Eagles estão esperançosos quanto a temporada de 2022.



Com um time jovem e em crescimento, o Philadelphia Eagles não está pensando em apenas mais um ano de desenvolvimento. A equipe poderia ter dispensado o veterano defensor, Fletcher Cox, e investido o dinheiro que sobraria na folha salarial em outros jovens jogadores, mas escolheu continuar com seu pilar defensivo. Sabendo que esse elenco possui capacidade de chegar à pós-temporada, como aconteceu no ano passado, manter a base desta defesa é algo muito positivo.


Cox, de 31 anos, está na NFL e em Philadelphia desde 2012. Neste período, o camisa 91 acumula seis seleções ao Pro Bowl e uma ao First Team All-Pro e o título do Super Bowl LII. Ficar saudável nunca foi um problema para o defensor. Em todas as temporadas, Cox atuou em pelo menos 14 jogos por ano e produziu, ao todo, 58 sacks em 10 temporadas pelos Eagles, incluindo uma temporada de 10,5 sacks em 2018, sua melhor marca da carreira. No último ano, ele atuou em 16 jogos na temporada regular e combinou para 35 tackles, 7 para perda de jardas, 3,5 sacks, 2 fumbles forçados e outro recuperado.


AP Photo/Matt Rourke

Com Jalen Hurts vindo para o seu terceiro ano em Philadelphia, a franquia já começou a renovar com veteranos, como o center Jason Kelce e agora Fletcher Cox. O contrato de Kelce também possui duração de um ano, o que indica que Philadelphia parece ter um plano de arriscar mais alto na temporada de 2022. No caso de Cox, a franquia quer voltar a ter uma linha defensiva boa em pressão (apenas 29 sacks em 2021), mas manter o bom trabalho contra a corrida, onde cedeu 1834 jardas terrestres no ano passado, décima melhor marca da liga.


Em uma NFC que está perdendo muitos talentos individuais, o caminho para os Eagles chegarem novamente aos playoffs pode ser facilitado. Dentro da divisão Leste da NFC, Philadelphia é o time que menos tem sofrido mudanças nesta offseason. Os Cowboys perderam talentos e não fizeram grandes movimentos até agora, os Giants mudaram seu head coach e os Commanders possuem um novo QB.


Ao que tudo indica no momento, a NFC terá algumas surpresas na pós-temporada. Hoje, a conferência parece ter dois favoritos, Rams e Bucs, uma segunda prateleira que possui Packers, 49ers, Cardinals e Cowboys, por exemplo, e depois o restante dos times que ainda possuem muitas dúvidas para a temporada. Ou seja, este é um ano válido para os Eagles arriscarem. Mesmo que Fletcher Cox não esteja mais no seu auge atlético, ele ainda é um dos líderes desse time e sabe os caminhos do sucesso para guiar Philadelphia.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png