• Aloisio Junior

Com 29 pontos em apenas um quarto, Dallas destrói Atlanta

Nada como um jogo após o outro! Uma semana depois de ser atropelado por Denver, Dallas teve um início de partida incrível, com direito a 29 pontos no segundo quarto, e não deu a menor chance para Atlanta. Essa performance convincente deve mandar os questionamentos para bem longe no Texas, além de relembrar toda a liga do potencial desse time.



Com a derrota, os Falcons voltam a ficar com uma campanha negativa, mas, com a derrota de Tampa Bay e New Orleans, a distância para os líderes da divisão continua a mesma. Contudo, a performance apática na maior parte do tempo preocupa bastante para o decorrer do ano.


Agressividade recompensada


Apesar das falhas de conversões de quarta descida na última semana contra Denver, o head coach Mike McCarthy continuou agressivo no início do jogo. Quando a partida ainda estava 7 a 3 para os Cowboys, ele tomou uma decisão fundamental de tentar em uma conversão de 4ª para 5 no campo de ataque para estender a campanha que terminaria em touchdown.


No drive seguinte, McCarthy tomaria mais uma decisão dessas para continuar em campo. Novamente, Dak Prescott não decepcionou, converteu a quarta descida e, na jogada seguinte, Dallas já estava vencendo por 21 a 3.


Falando em Dak Prescott, o quarterback teve mais uma excelente partida. Ele acumulou 296 jardas lançadas em 24 passes completos de 31 tentados para 2 TD’s, além de um touchdown terrestre.


O ataque contou com o retorno do wide receiver Michael Gallup, fora desde a semana 1. Embora a sua atuação tenha sido discreta, com 42 jardas em 3 recepções, a sua volta dá mais uma opção de alto nível para Dak Prescott. Nessa partida, por exemplo, dez jogadores diferentes tiveram pelo menos uma recepção.





O destaque aéreo foi CeeDee Lamb, com duas recepções para touchdown e 94 jardas recebidas, o líder da equipe. Ezekiel Elliott também se destacou no jogo terrestre, pontuando duas vezes na partida.


Gostinho de vingança


O confronto contra Atlanta era importante para todos em Dallas, mas provavelmente não tanto quanto para o coordenador defensivo Dan Quinn. Após seis anos como head coach dos Falcons, o técnico foi demitido no ano passado depois de 5 derrotas no início da temporada. Certamente, esse jogo significa um pouco mais do que os outros para ele.


O começo da partida, porém, não foi muito bom para a defesa de Dan Quinn. Com um par de play actions com recepções do tight end Kyle Pitts, os Falcons já estavam na redzone em sua primeira campanha. Contudo, o ataque foi forçado a fazer um field goal e, a partir desse momento, Atlanta foi completamente anulado pela defesa de Dallas.


No período entre o segundo e o terceiro quarto, a defesa dos Cowboys conseguiu forçar quatro punts seguidos em campanhas com apenas 3 jogadas do ataque, os chamados 3 and outs. O placar no primeiro punt era 14 a 3 para Dallas; no último, a vantagem já estava em 36 a 3. O grupo de Dan Quinn foi essencial para abrir a diferença decisiva na vitória.


Tudo dando certo


Além do ataque e defesa dominando o adversário, o special teams de Dallas também apareceu para completar o atropelamento. Dentro dos últimos dois minutos do segundo quarto, os Cowboys bloquearam um punt e adicionaram ainda mais pontos para a miséria de Atlanta.





Após o touchdown, McCarthy optou por uma conversão de dois pontos que foi bem sucedida, abrindo 33 pontos de diferença. A dominância durante o segundo quarto foi tão grande que os Cowboys marcaram quatro touchdowns sem resposta do adversário, somando 29 pontos!


A partida foi para o intervalo com o resultado resolvido. Durante o segundo tempo, Dallas ainda marcaria mais um touchdown para completar o placar final em 43 a 3 para os donos da casa.


Trevon Diggs ataca novamente


Após ter pelo menos uma interceptação em seus seis primeiros jogos, Trevon Diggs passou em branco nesse quesito nas duas últimas partidas, porém a “seca” não passou deste domingo.





Depois de um passe mal posicionado de Matt Ryan, o defensor fez o quarterback pagar caro pelo erro com a sua oitava interceptação na temporada. A partida já estava para lá de resolvida, mas o segundo-anista continua atuando agressivamente, o que vem dando bons resultados.


Próximos jogos


A vitória para os Cowboys (7-2) deixa a franquia confortavelmente na liderança da divisão e mantém a equipe na briga pela folga nos playoffs. No próximo domingo, Dallas visita os Chiefs às 18h25.


A derrota dos Falcons (4-5) coloca a franquia na lanterna da NFC South. Para se recuperar, Atlanta recebe os Patriots (6-4) no jogo de quinta-feira à noite.


BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png