• Gabriel Oliveira

Colts se provam mais uma vez e vencem Arizona fora de casa

Neste sábado de Natal, os Colts viajaram até Phoenix, no Arizona, onde venceram os Cardinals de forma contundente, se afirmando como um dos fortes times da AFC para os playoffs.



O placar final de 22x16 mostrou o domínio que a equipe de Indianapolis teve sobre seu rival, mesmo com vários desfalques, principalmente em sua linha ofensiva, os Colts tiveram a superioridade durante o jogo e saíram vencedores do University of Phoenix Stadium.


Jogo disputado, mas com superioridade de Indianapolis

Logo na primeira campanha do jogo, os Cardinals chegaram até a área de field goal, após Murray não conseguir completar um longo passe para Christian Kirk. Arizona arriscou o field goal de 51 jardas, porem o chute não foi bom e sem direção.


No drive seguinte, os Colts chegam até a endzone com um belo passe de Wentz, achando T.Y. Hilton livre para marcar os primeiros pontos do jogo.



Na melhor jogada terrestre dos Cardinals, a equipe logo volta ao jogo, com Murray correndo 57 jardas até a goal line, onde Chase Edmunds consegue entrar na zona de gol e marcar o primeiro TD da equipe da casa. Porém, na tentativa de chute extra, o kicker Matt Prater erra, deixando o placar em 7x6.



Em uma das campanhas seguintes, Murray recebe um snap ruim, onde tenta se livrar da bola dentro de sua endzone. Com o resultado da jogada em falta, os juízes marcam um intentional grounding, resultando em um safety e deixando o placar em 9x6.


Com os Colts recebendo a bola de volta, Wentz acaba fazendo um belo drive, conectando ótimos passes e levando a bola até a redzone adversaria. Só que, após algumas faltas ofensivas, a equipe se prejudica e acaba tendo que se contentar com apenas 3 pontos.


Já no terceiro quarto, os Cardinals recebem a bola, onde já começam colocando fogo no jogo, Murray acerta belo passe para Antonie Wesley que entra na endzone, deixando o placar em 13x12 para a equipe de Arizona, que liderava o placar pela primeira vez no dia.


Na campanha seguinte, os Colts mais uma vez têm ótimo drive comandado por Wentz que coloca a equipe em posição de field goal, virando o placar para os visitantes em 15x13.


Logo em seguida, Prater erra mais um chute, que acaba matando a campanha de Arizona. E com a bola novamente, os Colts contam com mais uma campanha brilhante de Wentz, que aciona um belo passe em movimento para Dezmon Patmon colocar 6 pontos no placar.



Após essa pontuação, seguiu duas campanhas sem pontos das equipes, os Cardinals com turnover on downs e os Colts com punt. Na última oportunidade de Arizona, a equipe chega até a redzone, mas acaba queimando muito cronometro onde tenta um field goal com sucesso, mas na tentativa de on side kick, os Colts recuperam a bola e garantem mais uma excelente vitória.


<blockquote class="twitter-tweet"><p lang="ht" dir="ltr">WENTZ ➡️ PATMON<br><br>📺: <a href="https://twitter.com/nflnetwork?ref_src=twsrc%5Etfw">@NFLNetwork</a> <a href="https://t.co/o6ulX7qAs0">pic.twitter.com/o6ulX7qAs0</a></p>&mdash; Indianapolis Colts (@Colts) <a href="https://twitter.com/Colts/status/1474951607045423104?ref_src=twsrc%5Etfw">December 26, 2021</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>

Colts dominantes


Vindo de uma sequência incrível neste mês de dezembro, os Colts embalaram de vez e venceram mais um grande jogo contra os Cardinals. Mostrando que é um dos fortes times da liga neste fim de ano, a equipe de Frank Reich prova mais uma vez ser superior ao seu adversário, vencendo o jogo de forma convincente e com muita moral.


Em um dos jogos em que o Jonathan Taylor não teve um brilho como em partidas anteriores, Carson Wentz não deixou o time na mão. O quarterback chamou a responsabilidade, com 18/28 passes para 225 jardas e 2 touchdowns.


Correndo com a bola, Taylor também não teve números ruins, foram 108 jardas em 27 tentativas do camisa 28.


Já recebendo a bola, o principal alvo de Wentz foi o recebedor Michael Pittman Jr, que recebeu 8 passes para 82 jardas.


Defensivamente os Colts conseguiram para o jogo terrestre de Arizona, que correu para 133 jardas, mas com 74 delas sendo de scrambler por parte de Murray.


Agora caminhando para o fim da temporada regular, Indianapolis busca vencer seus jogos contra os Raiders e contra os Jaguars para assegurar a vaga dentro dos playoffs de 2021.



Cardinals sofrem 3° derrota seguida e preocupa


Após ter perdido os dois jogos anteriores contra Rams e Lions, os Cardinals sofrem a 3° queda nas últimas 3 semanas. Dito isso, a equipe de Arizona fica com um pé atrás em relação a força da equipe entrando nos playoffs, já que, os comandados de Kliff Kingsbury não demonstram nenhuma reação a fase atual do time.


Kyler Murray não teve dos seus melhores jogos, apesar de ter evitado as interceptações que haviam sido um grande problema nos últimos jogos, Murray fez 43 tentativas de passe e apenas 27 completadas, 245 jardas e 1 TD, e de fato não foi um jogo ruim do camisa 1, porém, o quarterback não teve um desempenho para levar seu time as vitorias, estando sem seu principal parceiro, DeAndre Hopkins.


O jogo corrido também não foi uma arma tão bem usada pelos Cardinals, já que Chase Edmunds correu 16 vezes para 56 jardas. Por outro lado, o running back foi o principal alvo de Murray durante o jogo, com 8 recepções para 71 jardas.


O TE Zack Ertz também foi bastante acionado, principalmente nas primeiras campanhas da partida, o camisa 86 teve 54 jardas em 8 recepções.


Agora os Cardinals terão dois complicados jogos, contra os Cowboys buscando o título da divisão e contra os Seahawks, rival divisional. Portanto, a equipe do Arizona terá que conseguir duas vitorias nestas semanas, se quiser continuar a brigar por uma vaga nos playoffs.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png