• Nathan Bizotto

Cleveland planeja manter Baker Mayfield como titular em 2022

quarterback em Cleveland. Após uma temporada abaixo, o jogador recebeu respaldo da franquia e, finalmente, realizou a cirurgia no ombro esquerdo, no mês de janeiro. A primeira escolha geral do Draft de 2018 ainda detém crédito com o Head Coach e o General Manager da franquia, Kevin Stefanski e Andrew Berry respectivamente.



É fato que o ano do Baker Mayfield foi muito aquém das expectativas. Perseguido pelas lesões, o camisa seis esteve muito abaixo na última temporada. Apesar disso, de acordo com Mary Cabot, do Cleveland.com, os Browns planejam manter o atleta como quarterback número um do time. Ademais, ela informou sobre um possível suporte ao jogador, com isso, haveria ajustes no esquema e mudanças no corpo de recebedores.


Baker começa a temporada vinculado a opção de quinto ano do contrato de calouro, no valor de US$18,86 milhões. Hoje, ao que tudo indica, o quarterback não renovará em 2022. Mayfield teve 3010 jardas, 17 touchdowns e 13 interceptações passadas na última temporada. O atleta terminou com um rating de 83,1.


enny Sieu-USA TODAY Sports

Apesar da confiança aparente que Cleveland deposita em Baker, a franquia está corriqueiramente atrelada a rumores de trocas com veteranos, como Kirk Cousins e Russell Wilson. É improvável a equipe adquirir outro quarterback ou se desfazer de Mayfield nesta offseason. Porém, Mary Cabot salienta: “os Browns explorarão todos os quarterbacks veteranos e novatos disponíveis antes do draft deste ano”.


Outro ponto é: a NFL é uma verdadeira panela de pressão. Robert Griffin III, analista da Espn, disse no “NFL Live” que Mayfield é o jogador com mais pressão sob seus ombros na liga.


“Acho que Baker está mais sob pressão do que qualquer outro jogador da liga”, disse Griffin. “Baker precisa dominar a mesa e vencer o Super Bowl. Qualquer coisa menos que isso, ele não vai conseguir que o público o compre, e ele não vai conseguir que o front office o compre depois de 2022”.

enny Sieu-USA TODAY Sports

O mesmo acredita que é positivo para o atleta esta situação, pois ele tem bom desempenho quando é questionado. Este é o ano do vai ou racha para Baker. Ou ele se prova capaz de ser um franchise quarterback e levar a equipe a voos mais altos ou ele não terá o contrato renovado posteriormente ao fim da temporada.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png