• Nathan Bizotto

Cinco jogadores históricos no Philadelphia Eagles

Bem como todas as franquias da NFL (National Football League), o Philadelphia Eagles tem histórias, legados e lendas. No momento em que a humanidade se encontra, a ciência afirma não ser possível voltar ao passado — embora séries de ficção científica mostrem o oposto.



Esta introdução está relacionada ao tema de jogadores lendários quais passaram pela franquia de Philadelphia. Os cinco atletas citados à frente possuem fatos em comum, como o talento, as conquistas — sejam individuais ou coletivas — e o legado que deixaram na história da liga. Dentre esses nomes têm Running Back, Ofensive Tackle, Edge, Wide Receiver e jogador que atuava em duas posições. Além disso, um destes serviu o exército durante a segunda guerra mundial. Mesmo cada um possuindo suas características próprias, ambos deixaram seu nome gravado na história dos Eagles.


Charlie Philip Bednarik (Chuck Bednarik)


Nascido na Pensilvânia, Chuck Bednarik, é inegavelmente um dos maiores jogadores da história da liga. Draftado na primeira escolha geral do Draft de 1949, o atleta de Penn Quakers trilhou seus 14 anos na NFL vestindo a camisa dos Eagles. Bednarik atuava como Linebacker, Center e era conhecido pelo apelido de “Concrete Charlie”, vide sua força. Chuck se tornou Hall Of Famer em 1967 — primeiro ano de elegibilidade.


fastphillysports.com

O jogador conquistou dois tíulos, em 1949 e 1960, além disso, foi nomeado oito vezes ao Pro Bowl, dez vezes para o First-Team All-Pro e ao time da década de 60. Ademais, esteve escalado nos times do 50TH, 75TH e 100TH aniversário da NFL. Bednarik atuou em 169 partidas e teve sua camisa, número 60, aposentada. Uma curiosidade acerca do atleta é que ele serviu as forças armadas norte-americanas, tendo participado da segunda guerra mundial. Sendo assim, a história de Chuck Bednarik perdura na eternidade da liga.


Steve Van Buren


Companheiro de Bednarik, o Running Back, Steve Van Buren fez história na liga. Quinta escolha geral do Draft de 1944, o hondurenho, LSU, deixou um legado enorme em Philadelphia. Van Buren jogou toda a carreira nos Eagles, foram oito anos de prêmio e títulos. Steve era veloz, ágil e costumava quebrar muitos tackles; venceu o campeonato da NFL em 1948 e 1949.


profootballhof.com

Embora tenha atuado pouco tempo, o jogador é detentor de diversos prêmios. Em oito anos, ele esteve presente em cinco First-Team All-Pro e dois Second-Team All-Pro. Além de ter sido quatro vezes líder de jardas e touchdowns corridos (1945, 47, 48,49) na Liga. Teve participação no time da década de 40 e nos times dos aniversários de 75TH e 100TH da NFL. Philadelphia aposentou a camisa 15 de Steve Van Buren, qual colocou o nome na história do time.


Reggie White


Dentre os melhores jogadores da história do Philadelphia, não há como deixar de citar o lendário, Defensive End, Reggie White. O atleta passou os melhores momentos de sua carreira em Philadelphia e Green Bay. White liderou a liga em sacks em duas temporadas (1987 e 1988), ambas atuando em Philadelphia. Reggie também foi defensor do ano em duas ocasiões (1987 e 1998) e é co-recordista em sacks em um único Super Bowl — derrubou o Quarterback adversário três vezes.



Sua grandiosidade é facilmente percebida ao notar seu currículo com 13 Pro-Bowls, dez First-Team All-Pro, time da década de 80 e 90, além de ser o recordista de mais sacks em uma única temporada, 21, e o segundo jogador na história com mais sacks — 198. Ou seja, é notável a grandeza da história de Reggie White dentro dos gramados.


Thomas McDonald



247sports.com by Getty Images

O recebedor de Oklahoma escolhido na pick 31 do Draft de 1957 tem seu nome presente nos corredores dos Eagles. Thomas McDonald fez história em seus sete anos atuando em Philadelphia. O atleta conquistou a liga em 1960 com a equipe. Foi a cinco Pro Bowls, dois First-Team All-Pro, líder em jardas e em recepções enquanto vestia a camisa do time. O jogador está presente no Hall da Fama da NFL, do college, dos Eagles e do Philadelphia Sports. McDonald encerrou a carreira com 495 recepções, 8410 jardas recebidas, 84 touchdowns e média de 17.0 jardas por recepção. Thomas marcou época na franquia e não à toa é um dos melhores jogadores da história do Philadelphia Eagles.


Robert Brown


247sports.com by Tony Tomsic/Getty Images

Por último, mas não menos importante, o Offensive Tackle de Nebraska, Bob Brown. Segunda escolha geral do Draft de 1964, Brown foi introduzido ao Hall da Fama da NFL em 2004. Bob atuou metade da carreira na franquia e fez história neste tempo. O jogador esteve em seis Pro Bowls, cinco First-Team All-Pro, quatro Second-Team All-Pro e no time da década de 60 da liga. Brown foi inserido ao Hall da Fama dos Eagles, vide sua excelência em bloquear no jogo terrestre e na proteção ao Quarterback. Os grandes atletas de linha ofensiva são raridade na NFL e Robert Brown foi um destes raros jogadores.


Estes jogadores estão presentes em diversas listas americanas de grandes esportistas da liga. É conspícuo que Philadelphia teve outros ídolos, mas estes certamente estão inseridos nos melhores que já vestiram a camisa da equipe.

5 comentários
BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png