• Pedro Zaniol

Chegada de Matt Ryan vai ajudar muito os wide receivers do Colts

Quando pensamos nos melhores grupos de wide receivers da NFL, o do Indianapolis Colts não vêm na nossa cabeça, na verdade, ele é um dos últimos que nós pensamos. O site Pro Football Focus fez um ranking dos melhores grupos de wide receivers da NFL em 2022 e o do Colts ficou na 25ª colocação.


Mas se tem um grupo que pode subir nesse ranking em 2023, esse grupo é o do Colts. Tudo isso por uma mudança bem importante no elenco, sai o quarterback Carson Wentz e chega o veterano Matt Ryan, MVP de 2016.


O Indianapolis Colts tem um dos melhores elencos da NFL, tanto no ataque quanto na defesa, é um dos times mais equilibrados e com diversos bons nomes. Mas desde que Andrew Luck se aposentou de maneira abrupta faltando menos de 2 semanas para a temporada regular de 2019 começar, a franquia não consegue achar um quarterback de qualidade para jogar por muitos anos por lá.


Como o restante do elenco está pronto para competir, o Colts aposta em veteranos, que estavam em baixa nos seus antigos times, e que em um elenco de qualidade ainda podem jogar em alto nível, foi isso que eles fizeram em 2020 com Philip Rivers, em 2021 com Carson Wentz e em 2022 com Matt Ryan.


Jeffrey Brown/Icon Sportswire

Frank Reich, Head Coach da franquia desde 2018, é um ótimo treinador de ataque e conhecido por facilitar muito a vida de seus quarterbacks, sempre os ajudando a ter boas temporadas. Fez isso com Philip Rivers em San Diego em 2014 e 15 quando foi coordenador ofensivo, com Carson Wentz e Nick Foles no Eagles em 2016 e 2017, e fez isso com todos os quarterbacks que teve em Indianapolis até hoje, Luck, Brissett, Rivers e Wentz.


Isso é importante para entendermos a situação em que Ryan está chegando. Se compararmos seus números com os de Wentz em 2021, eles não ficam muito longe. Wentz acertou 62.4% dos passes que tentou, Ryan 66.9%. Carson lançou para 209.6 jardas por jogo, Matt 233.4. Foram 27 touchdowns e 7 interceptações para Wentz e 20 touchdowns e 12 interceptações para Ryan.


Mas os contextos eram muito diferentes, a linha ofensiva do Falcons está abaixo da média da liga e a do Colts é uma das melhores da NFL, o jogo corrido do Colts era a principal arma do time com o ótimo running back Jonathan Taylor, Indianapolis foi o 2º melhor time em jardas corridas e o 5º melhor em pontos vindos de corridas. O Atlanta Falcons teve que usar o canivete suíço Cordarrelle Patterson como um wide receiver/running back, o ataque terrestre deles foi o penúltimo em jardas e o 6º pior em pontos.


MSA/Icon Sportswire

Ao tirarmos Matt Ryan do elenco do Falcons e colocarmos ele no elenco do Colts, seus números devem ser muito melhores, e como Matt Ryan é um quarterback bem mais competente que Wentz, o ataque como um todo do Colts deve melhorar.


Quem vai sentir bastante essa melhora serão os wide receivers de Indianapolis. No momento em que esse texto é publicado, é esperado que os recebedores titulares do Colts para 2022 sejam Michael Pittman Jr., o novato Alec Pierce e Parris Campbell.


Campbell chegou na NFL em 2019 e desde então sofreu com muitos problemas de lesões, fez apenas 15 de 49 jogos possíveis nesses 3 anos, e em todos ele teve alguma lesão séria. A esperança do Colts é que ele consiga se manter saudável em 2022.


Alec Pierce é um novato da Universidade de Cincinnati, estava no time que fez história e foi para os playoffs do college, era o alvo preferido de Desmond Ridder. É um jogador alto (1.91m) e atlético, correu as 40 jardas para 4.41s, pode ser utilizado tanto aberto como no slot, Matt Ryan deve utilizá-lo com frequência.


Mas quem deve dar o maior salto é Michael Pittman Jr., o jogador já vem de uma ótima temporada em 2022, a sua segunda na NFL, ele teve 88 recepções para 1082 jardas e 6 touchdowns. Pittman é um jogador muito alto, de 1.93m, e sua especialidade são as bolas contestadas, quando o quarterback joga a bola para o alto e deixa o recebedor fazer o trabalho sujo. Só que ele tem qualidade para ganhar jardas após a recepção e receber bolas no meio de campo, Matt Ryan sabe muito bem tirar proveito de jogadores como Pittman, a dupla dele com Julio Jones foi uma das que mais teve sucesso na NFL na última década, e em 2021, ele se entendeu muito bem com o tight end novato Kyle Pitts.


espn.com

Ter um ataque aéreo mais forte é um dos principais objetivos de Indianapolis para essa temporada. O time ficou de fora dos playoffs em 2021 pois quando a equipe precisava correr atrás do placar, e passar mais a bola, era quando o quarterback Carson Wentz mais decepcionava, o que custou a franquia algumas vitórias. Com Matt Ryan, esse ataque deve ficar mais equilibrado, e o Colts é um dos principais candidatos da AFC a chegar na pós-temporada e vencer a sua divisão.


Torcedor do Colts, você está animado para a temporada 2022? Acredita que os wide receivers terão um salto de produção com Matt Ryan como quarterback? Até onde você acredita que esse time pode chegar? Será que a estratégia de apostar em um quarterback veterano enfim vai dar certo? Conte para a gente sobre a sua opinião e expectativa para o time nos comentários.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png