• Lucas Rocha

Chargers enfrentam o Texans buscando uma posição melhor na briga dos playoffs

Em partida válida pela 16ª semana da temporada, o Los Angeles Chargers vai até Houston enfrentar o Houston Texans. Enquanto o Chargers busca uma posição melhor nos playoffs, o Texans já pensa na temporada 2022 - e, principalmente, no draft.



Ataque e defesa são unidades distintas para o Chargers


O Los Angeles Chargers vive um momento delicado ao compararmos ataque e defesa. De um lado, a unidade comandada por Justin Herbert é uma das melhores da liga; do outro, a defesa é uma das piores.


O Chargers é a 4ª equipe com mais jardas na temporada (5.436), a 7ª com mais pontos (379), a 3ª com mais TDs aéreos (32) e 12ª com mais TDs corridos (14). O segundanista e atual calouro ofensivo do ano, Justin Herbert, é o quarto em jardas passadas na temporada, e continua sua melhora. Além disso, alguns dos principais jogadores da equipe voltaram de lesão, entre eles o RB Austin Ekeler e o WR Mike Williams. Um ataque voando e jogando muito bem, a verdadeira força dessa equipe. E, contra uma defesa fraca como a do Texans, há de se esperar muitos pontos.


Sean M. Haffey/Getty Images

Mas o grande problema da equipe se passa no lado defensivo da bola. Além das lesões, a equipe tem um dos piores grupos de DBs (defensive backs, unidade composta dos Safeties e dos Cornerbacks) da liga, cedendo muitas jardas. Para se ter uma noção, são 21+ pontos e 300+ jardas cedidas em 10 partidas seguidas, maior sequência da história da franquia. A defesa é a pior da liga em conversões de 3ª descida (49.7%) e, em partidas que sofreu 25+ pontos, o Chargers estão 2-5 (6-1 quando permitem menos que 25 pontos). Mas nem tudo está perdido, visto que o Texans só passou dos 25 pontos apenas 2 vezes na temporada toda (as duas vezes contra o Jaguars).


Defesa do Chargers recupera fumble em derrota para o Kansas City Chiefs. Créditos: Robert Gauthier/Los Angeles Times via Getty Images

Houston Texans já pensa no draft de 2022


Se o Chargers busca uma melhor colocação nos playoffs, o Texans pensa exatamente o oposto. Com campanha 3-11, tudo que resta para a equipe é se preparar para o draft da próxima temporada. Até lá, a equipe ainda tem um trabalho a fazer: fazer a “triagem” de quem continuará na equipe e quem será dispensado. Os dois lados da bola tem muitos problemas, com a defesa sendo a 5ª pior em jardas cedidas (5.297) e a 2ª pior em TDs corridos (23). O ataque não fica para trás, sendo o último em jardas (3715) e o 31º em pontos (207). Além disso, é a última em TDs corridos (6) e a 7ª pior em TDs aéreos (15).


Michael Reaves/Getty Images

Sinceramente, não há muitos pontos positivos para se falar dessa equipe, a não ser que tem piores (oi, Jaguars, tudo bem?) Mas, se eu fosse eleger um único ponto positivo, seria o calouro Davis Mills, que mesmo com os pesares vem jogando bem (principalmente para o que se esperava dele).


David Rosenblum/Icon Sportswire via Getty Images

Palpites


Aqui, vitória fácil do Los Angeles Chargers. Não tem muito o que discutir, na verdade, só uma zebra histórica pode tirar essa vitória do “Charjão da Massa”.

1 comentário
BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png