• Rodrigo Menezes

Chargers e Chiefs se enfrentam no TNF valendo a liderança da divisão

Se nós chamarmos esse confronto como uma provável final da AFC Oeste, não estaremos exagerando. É verdade que ainda haverá 3 jogos para Chargers e Chiefs após esse confronto, e que o cenário pode se alterar. Mas momento é tudo na NFL, e quem sair vitorioso, sairá com uma vantagem muito importante para esse sprint final da temporada. Por esse motivo, esse TNF promete muito. É provavelmente o melhor jogo dessa rodada, o mais tenso e o que, esperamos, será o mais disputado por ambas as equipes.



O Los Angeles Chargers chega para essa partida com uma vantagem importante: já venceu Kansas no começo da temporada, e caso vença este jogo, ficará empatado com seu rival na classificação, mas levará vantagem no confronto direto, assumindo a liderança. É evidente que os times mudaram desde então e que a partida dessa rodada será totalmente diferente, mas ainda assim, Chargers tem uma vantagem interessante nas mãos. Tudo o que a equipe deseja é que eles consigam uma arrancada semelhante a que tiveram em dezembro de 2020, quando a equipe ganhou 4 dos últimos 5 jogos daquela temporada. A única derrota foi para os Chiefs, e Herbert e companhia prometem que isso será diferente dessa vez.


Jalen Guyton (15) tem sido uma das gratas surpresas dos Chargers em 2021, e vem ganhando mais passes de Herbert a cada rodada. Jogador pode fazer o jogo pender a favor de LA. (Allen J. Schaben – Los Angeles Times)

A chave para vitória dos Chargers nessa partida está em seus WRs. Keenan Allen está de volta da lista de Covid após ficar de fora da partida contra os Giants, e ele tem sido uma das válvulas de escape de Herbert quando este se encontra pressionado. Além disso, a ausência de L´Jarius Sneed pode ser uma boa oportunidade para tanto Mike Williams quanto Jalen Guyton (uma das gratas surpresas dos Chargers nas últimas semanas) conseguirem produzir boas jogadas contra a boa secundária dos Chiefs. Justin Herbert chega para essa partida com suas melhores armas, e caso ele consiga bons passes para eles, LA tem boas chances de vencer.


Derwin James não jogou contra os Giants devido a uma lesão na coxa e é dúvida para esse jogo. Sem ele, a defesa pode ter mais problemas ainda para conseguir parar os Chiefs e ajudar LA a vencer. (Kyusung Gong – AP Photo)

Por outro lado, a defesa dos Chargers precisará fazer uma partida em altíssimo nível. O combate ao jogo terrestre adversário vem melhorando, mas ainda tem dificuldades em vários momentos para conseguir vencer os RBs adversários. Contra Kansas, isso será mais do que nunca importante, já que os Chiefs vêm tendo algumas dificuldades na temporada com o jogo aéreo e tudo será mais fácil se eles conseguirem correr bem com a bola nesse duelo. É evidente que deixar a bola nas mãos de Mahomes é perigoso, mas no atual contexto, é uma alternativa válida, ainda mais se a equipe tiver uma secundária boa como a dos Chargers. Vale a aposta nessa estratégia.


Mas se LA chega com a vantagem de ter vencido o primeiro confronto entre as equipes, Kansas chega com o momento a seu favor. Já são 6 vitórias seguidas, que colocaram os Chiefs no primeiro lugar na divisão e em uma situação muito confortável para praticamente garantir o título da divisão em caso de vitória nesse jogo. Além disso, a equipe conta com jogadores experientes e acostumados a confrontos grandes e importantes como esse, enquanto o adversário tem como principal jogador um QB que ainda está apenas em seu segundo ano na liga. Após um começo bem preocupante, dá para falar que o torcedor dos Chiefs já recuperou boa parte da confiança no seu time e que o otimismo voltou a aparecer lá em Kansas.


Chegada de Melvin Ingram facilitou a vida de Chris Jones e fez a defesa dos Chiefs crescer e melhorar na pressão ao QB. Ex-Chargers, pode machucar LA e fazer valer a famosa “lei do ex”. (Disponível em chiefswire.usatoday.com)

E toda essa mudança panorama se deve em grande parte a evolução da defesa. Após sofrer com lesões nas primeiras rodadas, a produção defensiva vem sendo espetacular nas últimas semanas, e novamente deve contribuir de forma importante para uma eventual vitória. Com a chegada de Melvin Ingram, Chris Jones ganhou alguém para dividir parte das atenções da OL adversária, e com isso ele viu sua produtividade aumentar. A pressão ao QB melhorou muito, e essa será a chave para vitória dos Chiefs nesse jogo. Se Justin Herbert ficar confortável na partida, ele vai conseguir conectar bons passes, mas se ele for pressionado boa parte do tempo, a secundária dos Chiefs poderá ter uma noite bastante feliz. Kansas não pode deixar Herbert respirar.


Mahomes vem sofrendo com os drops de seus recebedores, e várias de suas interceptações tem sido em decorrência disso. LA pode conseguir boas coisas pressionando bastante o QB dos Chiefs. (Patrick Smith – Getty Images)

Mas se a defesa promete ser o ponto de desequilíbrio a favor dos Chiefs, o ataque ainda preocupa um pouco. Kansas tem tido um certo sucesso no começo das partidas, mas começa a cair de rendimento na sequência do jogo, e isso é perigoso contra esse Chargers. Essa tem sido a dinâmica desse time nas últimas rodadas, com exceção das partidas contra os Raiders, e a defesa tem sido a grande responsável por segurar a vantagem e garantir as vitórias. Um ataque que tem Mahomes, Hill e Kelce poderia e deveria render mais, só que não tem sido isso que estamos vendo, e isso pode novamente ser um problema nessa rodada.


Palpite


Esse é um confronto em que todo comentarista tenta fugir de apontar um vencedor. Ambas as equipes têm jogadores que podem desequilibrar para um lado ou para o outro, e há uma expectativa muito grande de vermos um jogo memorável. Em jogos assim, temos que tentar achar um parâmetro que nos dê uma indicação do que pode acontecer, e o escolhido por mim é o fator experiência. Acredito na vitória dos Chiefs muito por conta de suas principais estrelas já estarem muito acostumadas a participarem de grandes jogos, e creio que essa diferença será essencial nesse confronto.


Injury Report


Chargers: Keenan Allen (WR) volta da lista de Covid, porém Rashawn Slater (T) entrou nela e vai ficar de fora desse confronto. Austin Ekeler (RB), Derwin James (S) e Asante Samuel (CB) são dúvidas, mas há expectativa de que os 3 conseguiam jogar.


Chiefs: L´Jarius Sneed (CB) está fora da partida devido a um problema pessoal (morte de seu irmão). Outra ausência será Willie Gay (LB), que está com Covid.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png