• Mateus Bertuol

Carson Wentz ficou surpreso por sua saída dos Colts

Trocado após apenas uma temporada em Indianápolis, o quarterback Carson Wentz concedeu entrevista pela primeira vez como jogador do Washington Commanders, e se disse “definitivamente surpreso” pelo seu relacionamento com os Colts ter terminado tão rapidamente.



Após uma final de temporada um tanto quanto frustrante para Wentz e Indianapolis Colts, o quarterback foi trocado para o Washington Commanders nesta offseason. Além de agradecer todo o staff de Washington, em sua primeira entrevista como quarterback dos Commanders, Wentz destacou como recebeu a notícia de que estava sendo trocado.


“Recebi uma ligação na semana passada do Sr. Ballard (GM dos Colts). Estava no meu jardim em Indy, e estava um lindo dia, e tudo bem, a mudança está chegando. A mudança está vindo, hora de ir.”

A última temporada foi bem decepcionante para Wentz como um todo. As expectativas estavam altas de que ele poderia voltar a jogar no seu nível de 2017, mas na realidade ele foi uma das peças que impossibilitaram a franquia de chegar aos playoffs. O QB terminou o ano com 3563 jardas aéreas, 27 TDs e 7 INTs, o que não é um número ruim, mas o que lhe deixou marcado foram as inconsistências nas últimas semanas, em especialmente a derrota contra os Jaguars que tirou os Colts da pós-temporada. No jogo contra Jacksonville, na semana 18, Wentz terminou com apenas 185 jardas, 1 TD e 1 interceptação.


Nathan Ray Seebeck-USA TODAY Sports

A busca por um quarterback foi a principal missão de Washington após o fim da temporada 2021. A equipe tentou Russell Wilson com primeira opção, e após tentativas frustradas, fechou uma troca por Carson Wentz. Perguntado sobre porque não ficou em Indianapolis, o QB se mostrou surpreso com a troca, mas destacou o otimismo em sua nova casa.


“Definitivamente surpreso (sobre os Colts). Sempre que você está em um lugar novo, você quer que dê certo. Você quer estar lá, você quer dar o melhor de si pelo time, pela organização, pela torcida, e com Deus permitindo, isso funciona por um longo tempo. Não funcionou. E Deus trocou nossos planos. Aqui estamos (Washington) e eu estou animado para isso.”

Após ser trocado pela segunda vez em um intervalo de um ano, Carson Wentz precisará trabalhar duro nesta offseason para se encaixar no sistema do novo head coach, Ron Rivera. De acordo com Nick Shook, do site da NFL, Wentz deve voltar a vestir a camisa 11, número do seu tempo de Philadelphia Eagles. Será que uma volta para seu número original será um impulso para que ele volte a brilhar na liga?

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png