• Geovani Gross

Carl Nassib é o primeiro jogador da NFL a se declarar gay

Carl Nassib, 28 anos, EDGE do Las Vegas Raiders. Talvez você ainda não o conhecia, mas com certeza ouvirá falar dele, seus filhos e netos também ouvirão. Carl entrou para história da NFL nesta segunda-feira (21/06) por se tornar o primeiro jogar a declarar-se gay publicamente na liga.


Criador: Jamie Sabau. Créditos: Getty Images.

Mas por que isso é histórico e por que nunca ninguém fez isso antes?


A NFL sempre foi um esporte muito “masculino”, além de ser um ambiente muito machista e hostil. Isso, porém, já vem mudando há alguns anos e ontem foi mais um passo para que esse tabu faça parte do passado. Outros jogadores já sofreram pelo preconceito, tanto que ninguém havia ainda assumido ser homossexual enquanto estava em atividade. Um exemplo disso foi o ex-jogador do New England Patriots e Kansas City Chiefs, Ryan O’Callaghan. Ryan escondeu sua orientação sexual durante toda sua carreira e explicou que escapava das conversas sobre mulheres nos vestiários, chegando a convidar uma ex-namorada para acompanha-lo em uma festa do time: “Existe muita conversa sobre mulheres nos vestiários, até mesmo na NFL. Eu tinha apenas que virar para o lado e ignorar aquilo. Eu percebi que não podia sequer falar sobre o assunto direito, como se eles fossem perceber se eu falasse”, disse O’Callaghan em entrevista ao site Outsport, em 2017. O ex-jogador inclusive revelou na mesma entrevista que pensava em suicídio após sua aposentadoria.


Criador: Darren McCollester. Créditos: Getty Images.

Carl Nassib deu o primeiro passo para que atletas da elite do esporte, como o próprio Ryan O’Callaghan citado acima, não sofram mais por sua orientação sexual. Nassib também anunciou, através de um vídeo em suas redes sociais, a doação de US$ 100 mil (cerca de R$ 500 mil na cotação atual) para o Trevor Project, uma organização sem fins lucrativos que trabalha para prevenir o suicídio entre jovens LBGTQ+ nos EUA. Veja abaixo a carta do jogador:



A publicação rapidamente repercutiu e o comissário da NFL, Roger Goodell, cumprimentou Nassib e disse que espera que anúncios como o do jogador não sejam dignos de nota: “A família da NFL está orgulhosa de Carl por corajosamente compartilhar sua verdade hoje. A representação é importante. Compartilhamos sua esperança de que, em breve, declarações como as dele não sejam mais dignas de nota, enquanto marchamos em direção à igualdade total para a comunidade LGBTQ+. Desejamos a Carl muita sorte na próxima temporada”, disse o comissário em nota.

Outros atletas comentaram o anúncio de Nassib:



Escolhido na terceira rodada do draft de 2016 pelo Cleveland Browns, Carl Nassib já defendeu também o Tampa Bay Buccaneers. Atuando nessa temporada pelo Las Vegas Raiders, não representará apenas a franquia, mas a liberdade do ser humano em poder ser quem é, sem medo, sem receio e sem preconceito. Um pequeno passo para um homem, um gigante salto para o esporte!

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png