• Gabriel Oliveira

Cardinals enfrentam Texans em reencontro de Hopkins e Watt

Arizona Cardinals e Houston Texans se enfrentam no jogo entre dois times em completos opostos na temporada. Os Cardinals, únicos invictos na temporada, busca manter o nível e continuar na liderança da divisão, enquanto Houston tenta uma recuperação na temporada, após 5 derrotas consecutivas.



Cardinals chegam com muita moral


O time de Phoenix chega empolgado após a grande vitória contra o forte time dos Browns, por 37x14 em Cleveland. Agora, a equipe vem para um duelo mais confortável contra Houston, que venceu apenas uma partida contra o fraco time dos Jaguars na semana 1, e não soma uma vitória desde então.



ESPN.com


JJ Watt e Deandre Hopkins enfrentado o ex-time


Uma das maiores historias desse confronto vai ser o reencontro entre DeAndre Hopkins e JJ Watt contra a sua antiga equipe. Hopkins saiu de Houston em abril de 2020 em uma das trocas mais bizarras da história da liga, enquanto Watt assinou com a equipe dos Cardeais após ser cortado por Houston, a pedido do próprio.


Muito do sucesso dos Cardinals em 2021, pode se valer da dupla ex-texans, a chegada de Hopkins em 2020 fez dele a principal arma ofensiva para Murray, muitas vezes a bola de segurança. Enquanto a chegada de JJ Watt elevou não só o nível da defesa de Arizona, mas também, a parte mental e vencedora da equipe, com um dos maiores jogadores defensivos da década.


Watt e Hopkins procuravam times vencedores após as suas saídas de Houston, já que os dois ainda não conquistaram um anel de campeão de conferência ou Super Bowl. E com a atual fase dos Cardinals, é possível dizer que os dois encontraram o que procuravam em Arizona. Por outro lado, o ex-time dos jogadores busca uma nova reconstrução, já que tem um dos elencos mais fracos da liga em 2021, e sem expectativas por coisas grandes em um futuro próximo.



Texans Wire

Texans tem potencial para derrotar Arizona?


Visto a fase atual das duas equipes, é de se duvidar se Houston tem forças para derrotar os Cardinals jogando fora de casa.


Os números da equipe são bem desfavoráveis, apesar do jogo aéreo de Arizona ser a grande ameaça, o trabalho terrestre do time de Kliff Kingsbury também não é nada ruim, somando isso, ao fato da defesa terrestre dos Texans ser a segunda pior da liga em jardas cedidas, é bem claro o quanto o duelo é desequilibrado para o time do Texas, que também conta com a perda do linebacker Mercilus que foi cortado na última terça-feira (19/10), assinando com o Gren Bay Packers. Falando em números na defesa, são 848 jardas terrestre totais permitidas, apenas atrás dos Chargers, média de 141,3 jardas por partida, enquanto os Cardinals têm o 6° melhor ataque terrestre da liga, com dois bons running backs, James Cooner e Chase Edmonds, além da ameaça de Murray com as pernas. Falando em Murray, o camisa 1 vem com tudo para essa semana, o quarterback é um dos candidatos a briga pelo MVP com 14 passes pra touchdown, empatado com Joe Burow e Justin Herbert, 4 atrás de Mahomes que lidera a estatística. Jogar contra a fraca defesa de Houston pode ser de muito valor pro jogador somar números positivos em busca do prêmio.


Dito isso, uma vitória de Houston nesta semana fica bem complicada, os Cardinals vão colocar muitos pontos no placar, o que sobrecarrega o lado ofensivo dos Texans, que com Davis Mills de quarterback, não tem muito potencial para fazer grandes coisas contra a fortíssima defesa dos Cardinals.


Palpite


Apesar de ser uma provável fácil vitória para o time da casa, a NFL já provou diversas vezes que não se pode ter certeza de nada dentro desta liga, então não é bom dar o Houston Texans como derrotado antes da bola voar em Arizona. Porém é de se esperar um jogo com certa tranquilidade para Murray e companhia, e com um placar bem elástico.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png