• Gabriel Pedrão

Bucs exercem favoritismo e atropelam Bears na Flórida

O Chicago Bears visitou o Tampa Bay Buccaneers neste domingo (24) e foi recebido com um chocolate pelos mandantes. Tampa Bay dominou todos os aspectos do jogo, garantindo uma vitória sólida por 38 a 3, abrindo 21 pontos de vantagem já no primeiro quarto de jogo. Além disso, Justin Fields demonstrou defeitos claros de calouro, cometendo turnovers difíceis de serem explicados, mas ainda detém a confiança dos torcedores e da comissão técnica, que apostam no jogador para o futuro da franquia.



Ao todo, Fields acertou 22 dos 33 passes que tentou, somando para 168 jardas aéreas. O quarterback ainda foi o segundo melhor corredor do time, avançando 38 jardas em 8 tentativas, ficando atrás de Herbert, running back que correu 100 jardas em 18 tentativas. Porém, o que assustou os presentes e telespectadores foi a displicência de Justin com a bola, já que o atleta sofreu 3 turnovers no primeiro tempo de jogo, sendo uma interceptação realizada por Dee Delaney, CB dos Bucs, e dois fumbles forçados por Shaquil Barrett e JPP. No segundo tempo, com o jogo praticamente perdido, o jogador foi interceptado mais duas vezes, agora por Pierre Desir e Jordan Whitehead.



Douglas R. Clifford/Times


O restante do ataque também teve uma partida bem apagada, com a linha ofensiva cedendo 4 sacks (além dos dois fumbles), Darnell Mooney recebeu apenas dois passes e 38 jardas, além de deixar a bola pendurada na terceira interceptação de Fields, apesar do passe estar alto e Cole Kmet teve a maior marca de jardas recebidas do time, com 43 no total. O único jogador que merece um pouco mais de destaque é Khalil Herbert, que correu para 100 jardas quando o jogo aéreo começou a se mostrar ineficiente. Além disso, Cairo Santos converteu um field goal, mantendo o recorde atual de maior sequência de acertos da liga, com 35 FG consecutivos.


chicagobears.com


Já a defesa dos Bears também não foi nada bem, tomando 35 pontos no primeiro tempo de jogo, o que nos dá a deixa para falar do ataque dos Buccaneers. Antes mesmo de o ataque entrar em campo, o time já conseguiu um belo avanço com de Darden, retornador que deixou o time na linha de 32 do campo ofensivo. Assim, bastou uma interferência de passe defensiva e duas corridas de Fournette para o time abrir o placar. Tom Brady continua a sua campanha em busca de MVP, passando para 211 jardas e 4 touchdowns. Porém, o mais especial foi o seu segundo passe para TD na partida, onde o quarterback encontrou Mike Evans na EndZone, se tornando o primeiro QB a chegar na marca de 600 touchdowns passados, cravando seu nome no livro de recordes da liga mais uma vez.



Jason Behnken/Associated Press


Mike Evans e Chris Godwin também tiveram jogos excelentes, com o primeiro somando 76 jardas e 3 TDs e o segundo avançando 111 jardas de scrimmage e fazendo 1 touchdown. Correndo, Fournette e Jones continuam sendo os destaques da equipe, ganhando 144 jardas juntos.


Com tudo isso, a defesa dos Bucs ainda é uma das mais dominantes da NFL, forçando 5 turnovers adversários, sackando o quarterback 4 vezes. Além disso, cederam 17 primeiras descidas para os Bears, 11 a menos que o seu ataque, sem reiniciar as descidas do oponente cometendo faltas.


Com isso, o Tampa Bay Buccaneers segue como um dos favoritos ao Super Bowl, somando apenas uma derrota nas sete primeiras semanas da liga, com um ataque e uma defesa muito bem equilibrados. Por outro lado, o Chicago Bears passa por m período de reconstrução, tentando implementar um estilo de jogo em que Fields se sinta confortável e dando-lhe peças nos próximos anos.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png