• Aloisio Junior

Bucs e Bills medem suas forças em grande duelo em Tampa

Embalado com três vitórias consecutivas, Tampa Bay recebe Buffalo no que tem tudo para ser o jogo da semana. Com o título de divisão praticamente garantido, os Bucs tentam se aproximar dos Cardinals em busca da folga na primeira semana dos playoffs. Os Bills, por outro lado, querem se recuperar de uma dolorosa derrota para os Patriots com uma vitória contra um dos maiores candidatos ao título nesta temporada.



Tampa teve algumas derrotas inesperadas para New Orleans e Washington no meio do caminho, mas parecem estar de volta nos trilhos. O retorno de Gronkowski deu uma nova dimensão ao ataque aéreo que, em alguns momentos, revive a conexão Brady-Gronk dos tempos de New England.


Buffalo, até agora, é uma das maiores incógnitas do ano. Após vencer os Chiefs de forma convincente na semana 5, teve quatro derrotas, incluindo uma para os Jaguars, nos últimos sete jogos. O então candidato ao título foi relegado ao Wild Card, posição que pode perder com uma eventual derrota em Tampa.


Ataque líder da NFL


AP Photo/Jae C. Hong

Desde a última vez que Tom Brady foi o MVP da temporada, em 2017, ele nunca esteve tão próximo de ganhar o prêmio pela quarta vez na carreira. Atualmente, o veterano de 44 anos lidera a NFL em jardas e touchdowns lançados e é considerado favorito nas principais casas de apostas.


A experiência do QB somada ao enorme arsenal de alvos dos Bucs está se provando muito forte para as defesas adversárias. Chris Godwin é o principal recebedor, liderando o time em jardas, e o alvo preferido de Tom Brady em terceiras descidas. Na redzone, últimas 20 jardas do campo, Mike Evans é o mais acionado e, não à toa, lidera a equipe em touchdowns. A válvula de escape do ataque, porém, é Rob Gronkowski que, com o seu entrosamento com Brady, ainda consegue fazer a diferença em campo.


Apesar de todas essas peças, Leonard Fournette vem se destacando como um verdadeiro running back de três descidas. A sua participação cresceu no jogo aéreo também, assim como sua capacidade de proteger e receber passes de Tom Brady. A alta taxa de drops na temporada passada, 14,9%, caiu para 7,1%, melhor marca da sua carreira. Playoff Lenny, apelido dado ao jogador por se destacar somente na pós-temporada, está jogando na temporada regular também, o que torna esse ataque ainda mais perigoso.


Como resultado, Tampa tem o melhor ataque aéreo em jardas, além de ser o time com mais pontos na temporada. O time liderado por Tom Brady está entrando em dezembro de olho em grandes confrontos como esse, que são prévias dos difíceis jogos que estão por vir em janeiro.


Defesa líder da NFL


AP Photo/Ross D. Franklin

Para enfrentar um dos melhores ataques aéreos, nada mais apropriado do que um dos melhores grupos defensivos. A defesa dos Bills é a que menos cedeu jardas e touchdowns em lançamentos na liga inteira. Em média, segundo a Pro-Football Reference, os adversários conquistaram apenas 5,1 jardas por tentativa de passes, considerando os sacks.


A defesa dos Bills também é uma das que mais forçam turnovers dos adversários. A marca de 16 interceptações é a terceira melhor da liga, liderados pelos safeties Jordan Poyer e Micah Hyde.


A batalha de forças deve exigir tudo o que os cornerbacks e safeties de Buffalo tem para entregar. Certamente a ausência de Tre’Davius White, que perderá o resto do ano com uma contusão no joelho, limita o uso de marcações individuais, mas o grupo tem o elenco preparado para frear os Bucs.


Os matchups entre os defensores dos Bills e os recebedores dos Bucs devem decidir o resultado do jogo. Tom Brady é famoso por tirar vantagem de confrontos favoráveis, mas, nessa partida, não devem haver muitos.


Josh Allen em busca da recuperação


Butch Dill /AP

Com as terríveis condições climáticas da partida da última segunda-feira, os Bills não conseguiram mostrar o que tem de melhor: o jogo aéreo. Josh Allen conseguiu completar apenas metade de seus passes para somente 145 jardas, ambas piores marcas do ano. Com certeza, o quarterback quer deixar tudo isso para trás com uma boa atuação nas agradáveis condições que devemos ter em Tampa Bay.


Assim como os Bucs, os visitantes também são mais perigosos quando estão atacando pelo ar. Apesar dos altos e baixos, Josh Allen está entre os dez melhores QB’s da liga em jardas e touchdowns. O quarterback de Buffalo é especialmente prolífico em passes em profundidade, aproveitando o bom corpo de recebedores do time.


A defesa dos Bucs, apesar de ter mostrado incrível fragilidade no início do ano, teve uma melhora considerável nas últimas semanas. Jamel Dean, por exemplo, surgiu como o principal cornerback de Tampa e deve seguir Stefon Diggs durante toda a partida.


Palpite


A partida tem tudo para ser apertada e decidida nos minutos finais. Nesse momento, é muito difícil apostar contra Tom Brady e companhia, ainda mais dentro de casa, portanto acredito que Tampa fique com a vitória por 27 a 24.


Informações do jogo


Data: Domingo, 12 de dezembro de 2021

Horário: 18h25 (horário de Brasília)

Local: Raymond James Stadium

Transmissão: ESPN e NFL GamePass


BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png