• Gustavo Silva

Browns perdem clássico para os Steelers e amargam a última colocação da AFC North

O clássico divisional entre Browns e Steelers era importantíssimo para as duas franquias, e a defesa dos Steelers entrou em campo parecendo saber da importância da vitória e dominou o Cleveland Browns fora de casa, dando a vitória para a franquia por 15x10.



A equipe da casa contava com o retorno de Baker Mayfield e Nick Chubb em seu ataque, dois jogadores essenciais na equipe, mas nem com a volta de ambos, o ataque dos Browns conseguiu se sobressair contra a defesa adversária. Com chamadas contestáveis de Stefanski, os Browns correram apenas 23 vezes na partida em que Mayfield jogou com o ombro lesionado. Com poucas chamadas no jogo corrido, Baker esteve mais com a bola, e também sofreu muito contra a linha defensiva do adversário. Sua linha ofensiva cedeu 4 sacks na partida (destaque para TJ Watt com 1.5), situação preocupante, ainda mais sabendo da lesão no ombro de Mayfield, que poderia piorar em qualquer pancada recebida.



AP Photo/Ron Schwane


Já no jogo aéreo, mesmo machucado, Baker tentou. Foram 205 jardas passadas, porém os recebedores da equipe pareciam não ter entrado em campo. O setor que a franquia investe 33 milhões, decepcionou. Sofreu com drops (4 só no primeiro tempo, além de um em uma 4° descida numa campanha importante), false start, fumble sofrido e nenhum touchdown. Para se ter ideia, Odell Beckham Jr, um dos principais recebedores da equipe, teve apenas 1 recepção na partida para 6 jardas apenas.


O ataque não engrenou, marcou apenas um touchdown no terceiro quarto em uma corrida de 10 jardas de D’Ernest Johnson, além de um Field Goal em sua primeira campanha na partida, em um chute de 30 jardas convertido por Chase McLaughlin.



AP Photo/Ron Schwane


Na defesa, Myles Garrett até que tentou: foram 8 pressões do jogador em cima de Big Bem, já o resto de seus companheiros somaram apenas 2. Segundo o Next Gen Stats, Garrett teve 80% das pressões do time na partida, maior marca individual de um jogador dos Browns desde 2017.


Já os Steelers, que não tinham nada a ver com os problemas dos Browns, souberam aproveitar e vencer a partida. Apesar de no primeiro tempo o ataque da equipe também não ter encaixado e ter ido pro intervalo com o jogo empatado em 3x3, no segundo tempo as coisas mudaram. A defesa dominou o ataque adversário, principalmente a linha defensiva que engoliu a linha ofensiva dos Browns, e o ataque começou a pontuar. Após sofrer um touchdown no começo do terceiro quarto, o ataque reagiu e também pontuou com um touchdown de 8 jardas corridas de Najee Harris. E já no começo do último quarto, a equipe anotou mais um, com um passe de 2 jardas de Big Bem para Pat Freimuth anotar mais 6 pontos. A equipe ainda tentou a conversão de 2 pontos mas sem sucesso. Big Ben terminou a partida com 225 jardas e 1 passe para touchdown. Najee Harris também contribui com 91 jardas terrestres e 29 aéreas, além de 1 touchdown.



AP Photo/Ron Schwane


A vitória dos Steelers foi importante na briga da divisão. A equipe agora tem 3 vitórias consecutivas e encostam em Ravens e Bengals no topo da AFC North. Já os Browns ocupam a lanterna da divisão e ligam um sinal de alerta para a temporada, que vem sendo decepcionante até o momento.


Na próxima semana, os Steelers recebem o Chicago Bears, já os Browns tem outro clássico divisional importantíssimo, vão até Cincinnati enfrentar os Bengals em busca da reabilitação na liga.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png