• Rodrigo Menezes

Broncos recebem os Lions de olho na sétima vaga de Wild Card da AFC

O Denver Broncos recebe nesse domingo o Detroit Lions com o objetivo de seguir com chances de chegar a pós-temporada. A equipe do QB Teddy Bridgewater está com campanha 6-6, e encontra-se apenas uma vitória atrás da dos Bills, equipe que ocupa a sétima vaga de Wild Card da AFC. Enfrentando uma equipe que tem apenas uma vitória na temporada, o triunfo é obrigatório caso os Broncos queiram continuar almejando tal objetivo. Porém o adversário vem com a empolgação em alta. Os Lions venceram a sua primeira partida na última rodada, após bater na trave em várias oportunidades. A equipe chama a atenção desde o começo da temporada por sua garra e vontade de vencer, o que faz o time jogar melhor do que muitos esperam. Será uma partida bastante interessante de se ver, com homenagens bonitas ao ex-WR Demaryius Thomas, falecido nessa quinta e muita emoção no estádio.



Os Broncos têm tido uma temporada bastante irregular. A equipe aproveitou bem o calendário fácil no começo para abrir 3-0 e iludir um pouco a sua torcida. Porém, o que vimos da semana 4 em diante é uma equipe frágil, com um ataque que não engrena nas mãos de Teddy Bridgewater e uma defesa que vem jogando bem, mas pressionada por conseguir compensar a apatia do ataque, acaba cometendo alguns erros comprometedores. Enquanto a equipe surpreende em vitórias contra Cowboys e Chargers, decepciona em derrotas contra Eagles ou em jogos facilmente dominados pelos adversários, como no último SNF contra os Chiefs. Essa partida contra os Lions é uma excelente oportunidade para que os Broncos vençam, convençam e ganhem moral para a sequência da temporada.


Javonte Williams vem rodada após rodada ganhando mais destaque nesse ataque, fazendo com que já haja pressão para que ele tenha mais participações do que o veterano Melvin Gordon. (Matthew Emmons – USA TODAY Sports)

Para essa partida, a esperança da equipe encontra-se em Javonte Williams. Apesar da indicação de que Melvin Gordon irá jogar após perder a partida contra os Chiefs, o RB calouro vem merecendo mais toques na bola no ataque após três bons jogos. Com um estilo de corrida bastante intenso e físico, Williams vem conseguindo produzir jardas após o contato, algo muito valorizado na posição. Enfrentando uma das defesas mais permissivas contra o jogo terrestre, há espaço para que tanto Melvin Gordon quanto Javonte Williams brilhem, mas se Denver quiser vencer com facilidade, a aposta deve ser no calouro. Ele é o presente e o futuro dessa posição nessa franquia.


Teddy Bridgewater já não tem muita simpatia da torcida após seus erros em partidas contra Eagles e Chiefs. Contra os Lions, entra pressionado para mostrar serviço e conduzir os Broncos a vitória. (Aaron Ontiveroz – The Denver Post)

Por outro lado, novamente Teddy Bridgewater é a preocupação. Eu sei que já está se tornando repetitivo falarmos tanto no QB, mas é necessário. Os Broncos têm um time muito forte, e o jogador não está a altura desse elenco. E seu reserva menos ainda. Os Broncos deram uma Ferrari na mão de um piloto fraco, e está colhendo os frutos disso. Bridgewater tem um número baixo de interceptações, mas nas últimas semanas vem piorando a sua média nesse aspecto, sendo responsável por grandes oportunidades desperdiçadas e fazendo com que Denver perca jogos. A tendência dessa partida é que os Broncos consigam uma vitória tranquila, mas o QB é um dos jogadores com maior potencial para errar e tornar o jogo mais difícil do que o necessário.


Já os Lions chegam empolgados nessa partida. A equipe vinha demonstrando muito garra e vontade de vencer durante essa temporada, mas devido até mesmo a qualidade de parte de elenco, o time cometia erros nos momentos finais da partida e ficavam no quase. Nos dois únicos jogos em que a equipe não perdeu, eles souberam tirar proveito dos desfalques adversários conseguirem um empate contra os Steelers e uma vitória contra os Vikings. É uma equipe que está sendo construída para os próximos anos, e entra como franco atirador em quase todos os jogos, sem grandes responsabilidades. E isso é um perigo para times pressionados como é o caso dos Broncos.


Jamaal Williams terá nessa partida a responsabilidade de assumir o posto de RB1 com a possível ausência de Swift. Os Lions contam com sua experiência para reverter o matchup desfavorável contra a forte defesa de Denver. (Leon Halip – Getty Images)

Dito isso, não será uma partida fácil para os Lions vencerem. Os Broncos têm uma defesa forte, e isso será um grande desafio para Detroit. Para conseguir vencer, será muito importante a participação de Jamaal Williams. O veterano RB pode se valer de sua experiência para conseguir encontrar caminhos contra uma defesa boa contra o jogo terrestre e diminuir a pressão em cima de seu QB. Todos sabem que Goff é bom no play-action, e para isso ele não pode estar sempre com a defesa adversária praticamente em cima dele em todas as jogadas. A ausência de Swift é um problema nesse sentido, mas Williams tem totais condições de fazer esse trabalho.


Veterano LB, Alex Anzalone, terá a missão de liderar essa defesa contra o bom e competente jogo terrestres dos Broncos. Tentar deixar Teddy Bridgewater em situação complicadas é uma das chaves para Detroit ter chances de vencer. (Reprodução - Twitter)

Por outro lado, a defesa dos Lions contra o jogo terrestre é o grande problema. A equipe deu sorte de Dalvin Cook estar lesionado no último confronto, já que a tendência era que o time sofresse demais com o QB estelar. Nem Javonte Williams nem Melvin Gordon podem ser comparados com Cook, ao menos nesse momento, mas ainda assim vem tendo bons números nessa temporada. Se eles conseguirem se sobressair contra a defesa dos Lions, será uma tarde longa para Detroit, já que Denver deverá controlar o relógio e complicar bastante as coisas para o time visitante. A defesa terá que se superar nessa partida.


Palpite


Como torcedor dos Broncos, eu tenho os dois pés atrás com relação a essa equipe. Mas teria que ser pessimista demais para não enxergar que Denver tem certo favoritismo. O matchup é favorável, e somente mais uma partida de superação poderá fazer os Lions igualarem as coisas. Se Bridgewater não fizer besteira, Denver ganha essa partida.


Injury Report


Broncos: Melvin Gordon ainda não treinou normalmente após ficar de fora do último SNF, mas deve ir para o jogo. Os defensores Bradley Chubb e Shelby Harris também ficaram de fora de treinamentos, mas há boas expectativas de que eles joguem.


Lions: Detroit tem uma série de jogadores que perderam treinamentos durante a semana, a maioria por decisão do treinador. A grande preocupação é DeAndre Swift (RB), que tem uma lesão no ombro, e o time está pessimista com relação a sua participação nesse confronto.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png