• Gabriel de Campos

Bronco e Raiders fazem um duelo divisional de sobrevivência

A batalha pela classificação nos playoffs desta temporada terá um capítulo importante na AFC. Broncos x Raiders se enfrentam (ambos com campanha 7-7) e disputam a sobrevivência na briga pela vaga na pós-temporada. O jogo será no Allegiant Stadium, em Las Vegas.



Melhora dos Broncos


Pela experiência que estive fazendo as análises do primeiro confronto entre as equipes, é possível fazer um contraste com o Denver Broncos da semana 6. Uma equipe com muitos problemas em relação às chamadas de Vic Fangio, com Teddy Bridgewater bastante inseguro e uma defesa ainda sem entrosamento. Hoje vê-se um time bem diferente do que era antes. É um time excelente? Longe disso. Mas houve uma melhora. Vic Fangio segue preenchendo a defesa de defensive backs e a posição de quarterback ainda é instável. Porém, Patrick Surtain II cumpriu com as expectativas do draft e Justin Simmons está fazendo valer seu belo contrato. Os Broncos são uns dos melhores defendendo o passe. No ataque, uma filosofia de alternância entre os running backs trouxe resultado, *com* Javonte Williams sendo bastante eficiente. Jerry Jeudy ainda não chegou ao patamar esperado, mas isso se dá pelo quarterback atrás de OL. Para enfrentar Las Vegas, a corrida será uma boa pedida e os passes em profundidade podem aparecer eventualmente. Isso dependerá da confiança de Drew Lock, que será o quarterback titular da partida.


Via Mile High Sports

Evitar o sufoco


Fazendo uma comparação com os Raiders da semana 6, muita coisa mudou, e dessa vez para pior. Head Coach foi demitido, principal wide receiver preso e promessa defensiva cortada. Não vou discutir os motivos, no entanto, não se pode negar que a ausência desses nomes rebaixa a qualidade do time. Mesmo assim o elenco se manteve unido, *e* isso é louvável. Derek Carr é um grande líder e tem papel importante nesse time. *Ainda assim*, o rendimento ofensivo caiu e a defesa não é a mesma. Maxx Crosby fez um grande início de temporada, *e* hoje seus números ainda são bons, mas não iguais ao que era antes. Um ponto positivo é Hunter Renfrow. O wide receiver se tornou o principal recebedor de Carr e conseguiu assumir a responsabilidade, *com uma* criatividade nas rotas admirável.


Contra Cleveland, na semana 15, os Raiders passaram por um aperto desnecessário que quase custou a vitória. Derek Carr foi interceptado na reta final e por sorte conseguiu ter outra posse para colocar os Raiders em posição para chutar o field goal da vitória. Na partida de domingo, é provável que *Las Vegas* use mais as corridas de Josh Jacobs, *e com* Darren Waller *ainda como dúvida* para o jogo, *a tendência é* concentrar ainda mais as atenções em Renfrow. DeSean Jackson pode ser eficiente em profundidade, *já que* Renfrow chama a marcação e Jackson abre uma post para realizar uma big play. Só é preciso ficar atento aos drops recorrentes nas jogadas do camisa 1.



Palpite


Um jogo muito equilibrado que qualquer palpite é válido. O fator casa pode ajudar muitos os Raiders. Além de que Drew Lock será o quarterback titular de Denver, e eu tenho algumas críticas quanto ao seu jogo. Aposto nos Raiders, em mais uma vitória apertada.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png