• Marcos Vinicius Soares

BRINCANDO COM FOGO! Vikings abrem vantagem, Steelers ameaçam virada, mas vitória fica com Minnesota

Pittsburgh Steelers e Minnesota Vikings fizeram um duelo eletrizante no US Bank Stadium pelo Thursday Night Football que abriu a semana 4 da NFL. A vitória dos mandantes por 36x28 foi construída com um começo arrasador quando Minnesota abriu 29x00 durante os três primeiros quartos, porém Pittsburgh voltou com tudo em poucos minutos, o jogo ganhou uma dose de emoção espetacular nos minutos finais e acabou decidido em uma jogada defensiva de Harrison Smith no último minuto.


Relâmpago Cook!


Dalvin Cook ditou o ritmo da partida nos primeiros quartos e terminou a noite com mais de 200 jardas terrestres e dois touchdowns que foram determinantes para a vitória dos Vikings. O corredor de Minnesota foi um pesadelo para a defesa dos Steelers, ele correu com a bola 27 vezes na partida, tendo uma média de 7.6 jardas por tentativa, ou seja, cada vez que ele encostava na bola o ataque de Kirk Cousins e amigos ficava próximo de um novo first down. O repertório de Cook foi completo, com corridas pelo meio dos tackles, ganhos curtos e as famosas corridas "home runs" onde ele conquistou um caminhão de jardas. Basicamente tudo o que Dalvin se propôs a fazer, ele teve sucesso contra a defesa de Pittsburgh.



Explosivos


A noite magnífica de Cook rendeu uma vantagem de 29x00 para os Vikings no terceiro período, mas foi a partir desse momento que os Steelers renasceram na partida, pois a defesa começou a forçar turnovers e o ataque passou a ganhar jardas de maneira "explosiva". Essa combinação fez o time anotar 20 pontos em 5 minutos e dinamitar a vantagem dos Vikings, fazendo o jogo entrar no quarto período totalmente indefinido.


O problema para Pittsburgh foi que quando o time deu um jeito de minimizar os estragos de Cook, Kirk Cousins apareceu na partida, e conectou um passe de 62 jardas com K.J. Osborn que resultou no quarto touchdown dos Vikings na noite e colocou a vantagem do time em 16 pontos. Com pouco tempo no relógio, os Steelers foram cirúrgicos, anotando um touchdown de maneira rápida na conexão Big Ben - Pat Freiermuth, e vendo sua defesa recuperar a posse antes do two-minute warning.



Com a bola nas mãos era a hora do ataque resolver o negócio e quando Big Ben encontrou Chase Claypool em uma conexão longa logo nas primeiras jogadas parecia que haveria esperança. Nos snaps seguintes o time seguiu avançando em campo e com 3 segundos restando no relógio Pittsburgh estava perto da end zone e teria uma última chance de tentar o empate, mas quando Big Ben conectou o passe novamente com o tigh end calouro Pat Freiermuth, o safety de Minnesota, Harrison Smith, apareceu, deu um soco na bola e impediu que o novato completasse a recepção, selando a vitória dos Vikings.


Ambos o times retornam a campo na semana 15, quando os Steelers recebem o Tennessee Titans no Heinz Field, às 15h do dia 19 de dezembro, e os Vikings visitam o Chicago Bears no Soldier Field, pelo Monday Night Football, na segunda, 20 de dezembro às 22h20.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png