• Geovani Gross

Brasileiros que brilham na NFL – série

O Futebol Americano é um dos esportes mais populares do mundo, tendo seu momento máximo o Super Bowl, o evento esportivo mais assistido no mudo. Porém sua popularidade no Brasil está crescendo apenas agora na última década, mas mesmo assim já é o esporte que mais cresce no país. Desde 2013 cresceu mais de 600% em audiência televisiva e já possui cerca de 22,6 milhões de fãs declarados. A popularidade do esporte tem sido tão grande que o Super Bowl sempre lidera a audiência nos canais pagos e é transmitido também em salas de cinema, bares e restaurantes. O Brasil já é o segundo país com maior número de fãs do esporte fora dos EUA, ficando atrás apenas do México, que possui cerca de 23 milhões de torcedores. Um detalhe importante é que o México recebe jogos em suas terras na temporada regular, enquanto o Brasil ainda não recebeu nenhum, ainda.


lifestylebrazil

O esporte em terras tupiniquins e seu número de adeptos também estão crescendo e a liga brasileira está cada vez mais competitiva e atrativa. O campeonato brasileiro de Futebol Americano teve sua primeira edição em 2009. É verdade que começou de forma bem amadora, mas desde então vem crescendo de forma exponencial e começando a atrair expectadores, torcedores e patrocinadores, tornando-se cada vez mais profissional.


Russell Wilson NFL camisa seleção brasileira Rio de Janeiro — Foto: Divulgação globo.com

Mas esse crescimento ainda não se reflete no número de brasileiros que já jogaram na maior liga desse grandioso esporte, a NFL. Tivemos até agora apenas dois brasileiros natos e outros dois filhos de brasileiros que já vestiram o manto de uma das franquias da maior liga do esporte. Levará alguns anos, é claro, mas o FA será cada vez mais presente na vida dos brasileiros. A NFL já estuda sediar um jogo no Brasil em 2022, o que vai ajudar a dar visibilidade do esporte aqui no país. Com esse crescimento gigantesco do futebol americano, veremos em um futuro próximo cada vez mais brasileiros brilhando nos gramados norte-americanos, e por que não, nos gramados brasileiros também, mas com a bola oval.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png