• Geovani Gross

Brasileiros na NFL – Durval Neto (Duzão)

Durval Queiroz Neto, ou simplesmente Duzão, esse é o nome do gigante de 1,93 m de altura e 145 kg. O brasileiro que fez história por estar na maior liga do mundo, a NFL, e não ter passado pelo College. Duzão saiu direto do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano, sem ter tido a formação de base privilegiada que os americanos têm. Mas como isso foi possível?


Duzão, que é formado em agronomia e deixou para trás a família e o trabalho na fazenda dos pais para buscar seu grande sonho, desde menino está no mundo dos esportes. Antes do futebol americano, Duzão ganhava medalhas no judô. Foi várias vezes campeão brasileiro e sul-americano. As técnicas do judô lhe ajudaram a ter força, agilidade e equilíbrio, mesmo sendo um gigante.


Foto: Arquivo pessoal

Do tatame para os gramados. Duzão começou sua trajetória no futebol americano jogando em times do Brasil. De forma amadora, apenas pela paixão pelo esporte, jogou pelo Tangará Taurus, Cuiabá Arsenal e por último do Galo FA, onde foi campeão brasileiro de futebol americano.

Foto: NFL Undiscovered

Então veio a grande oportunidade. Duzão ingressou no NFL Undiscovered, programa que seleciona estrangeiros para a liga. Os olheiros gostaram do que viram e Duzão passou a integrar o International Player Pathway Program, programa que dá oportunidade para que atletas de elite estrangeiros que atuam em seus países sejam testados e aprimorados ao nível da liga americana e, quem sabe, ganhar uma chance de atuar na NFL. E foi sucesso! Durval Queiroz Neto foi escolhido pelo Miami Dolphins!


Foto: Miami Dolphins/ Reprodução

Um novo começo


Duzão começou a treinar na equipe e logo percebeu que seu desafio seria proporcional ao seu porte físico. No futebol americano estão os atletas mais rápidos, mais fortes, mais ágeis e os que pulam mais alto, sem dizer que a parte técnica é muito complexa.


Outro novo desafio para nosso “gigante que acordou” foi sua mudança de posição. No Brasil ele atuava como Defensive Tackle, e tinha como principal objetivo atacar o QB adversário. Seu treinador enxergou que ele se daria melhor em outra posição, Guard. Como Guard, sua meta a oposta a que fazia, ele precisa defender seu QB e abrir espaço para o avanço dos companheiros de ataque. Uma mudança muito significativa, mas nada que abalasse nosso herói sem capa.



Duzão já está na sua terceira temporada, tem atuado no practice squad, grupo de jogadores sob contrato que podem ser chamados para completar o elenco durante a temporada. Sua posição é muito valorizada na liga e difícil de ser conquistada. Duzão apesar de já ter feito história, tem um longo caminho para se consolidar na liga, mas duas coisas não faltarão para seu sucesso na NFL, vontade de vencer e torcida no Brasil pelo seu sucesso!

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png