• Anna Carolina

Bills vão exigir comprovante de vacinação nos jogos

O Buffalo Bills tomou mais uma medida em combate ao coronavírus. O time anunciou nesta terça-feira [14/09] que, a partir do dia 31 de outubro, todos os maiores de 12 anos que frequentarem os jogos no Highmark Stadium deverão apresentar o comprovante de vacinação. Além do comprovante, as máscaras não serão mais prioridade para aqueles que estiverem totalmente vacinados.



Crianças de até 11 anos não entram nessa regra. No entanto, elas deverão utilizar máscaras dentro das instalações do estádio.



A medida foi tomada em conjunto com o departamento de Saúde do condado de Erie, onde se localiza a franquia. Até o novo protocolo entrar em vigor, o público poderá ir ao Highmark Stadium com uma dose apenas da vacina. Porém, os Bills reiteram que, após o dia 31 de outubro, testes negativos de Covid-19 não serão aceitos na entrada do estádio e que não haverá exceções à regra.

No mesmo dia, o time de hóquei da cidade, o Buffalo Sabres, anunciou a mesma política de protocolos contra o vírus. Vale lembrar que a pré-temporada da NHL está agendada para começar no final deste mês.



No início da temporada, a franquia apenas exigia que os fãs usassem máscaras nas instalações do estádio e em qualquer lugar que fosse considerado interno (lanchonetes, loja de souvenirs, etc). No entanto, isso não aconteceu no jogo de domingo [12/09] contra o Pittsburgh Steelers. Vários torcedores foram circularam no Highmark Stadium sem máscara, o que vai contra a determinação do condado de Erie.



Em comunicado oficial, o departamento de saúde do condado de Erie identificou oito vendedores do estádio que não utilizavam máscara. “Qualquer punição acordada será comunicada aos titulares da licença [o Buffalo Bills], assim que os relatórios forem analisados por nosso departamento”, a porta-voz do órgão disse à rádio local WBEN.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png