• Anna Carolina

Bill Belichick revela por que acredita que Tom Brady deixou os Patriots

Talvez o jogo mais esperado desta temporada regular em quesito história, o Sunday Night Football entre Tampa Bay Buccaneers e New England Patriots é assunto desde o momento que foi anunciado. É o retorno de Tom Brady ao Gillette Stadium, o lugar onde ele se consagrou. É o confronto entre ex-pupilo e mentor – e não há como escapar desse assunto. Bill Belichick sabe disso e respondeu algumas dúvidas que ficaram, em especial desde o fim conturbado da parceria.



Belichick já disse inúmeras vezes, ao longo dos anos que treinou Brady, que não queria outro quarterback jogando com ele. É certo que isso mudou radicalmente depois, com hoje ambos seguindo caminhos separados. Em entrevista na última segunda-feira [28/09] para o The Greg Hill Show, programa da rádio WEEI, o head coach dos Patriots foi perguntado em que momento as coisas mudaram.


“Isso nunca mudou”, disse Belichick. “Haviam muitas coisas no meio – ele olhou as opções disponíveis e tomou sua decisão. Não éramos uma opção tão boa quanto Tampa. Você teria que perguntar a ele sobre tudo isso, mas não era uma questão de não querer ele no time, com certeza”.

Criador: Noah K. Murray. Créditos: AP Photo.

Bill Belichick afirmou ainda que ele tem o maior respeito do mundo por TB12, mas ele deixou bem explícito que o foco será preparar o time para enfrentar o Tampa Bay Buccaneers.


“Meu foco é no jogo que está por vir”, ele disse. “Eu tenho muito respeito e admiração por Tom, por tudo que ele fez aqui, por mim e pelo time. Porém, nós apenas estamos nos preparando para enfrentar Tampa nessa semana e nós iremos manter nosso foco nisso”.

Criador: Maddie Meyer. Créditos: Getty Images.

Porém, isso provavelmente gerará controvérsias por parte do outro lado. Em resposta ao insider Tom E. Curran, da NBC Sports Boston, o pai de TB12, Tom Brady Sr., disse na semana anterior à declaração do treinador que Belichick queria seu filho “fora do time”. Além dele, o personal trainer e melhor amigo de Tom Brady, Alex Guerrero, criticou o treinador pela forma que ele tratou Brady. Guerrero deixou implícito que Tom Brady ficou cansado da cultura de New England – e de Belichick – e pediu para sair.


A gente já contou aqui no Portal Golim Sports um pouco da retrospectiva entre Brady e Belichick, além de como a situação se desenrolou até o “divórcio”: desde os estopins da separação – Alex Guerrero, o hábito de Bill Belichick em não gastar na free agency e contratar jogadores caros, Jimmy Garoppolo (só quem viveu, sabe), etc – até como se desenrolou o final da história. Tom Brady foi para os Bucs e hoje é o atual campeão do Super Bowl. Bill Belichick e os Patriots vivem um momento de reestruturação, com o calouro Mac Jones no ataque. A partida de domingo será o primeiro epílogo da história entre Brady e Belichick, mas que ambos farão provavelmente tudo para minimizar isso. Tanto um, quanto o outro, vão dizer que será “apenas um jogo”, onde ambos buscarão a vitória. Mas nós, torcedores e amantes do futebol americano, sabemos que o Sunday Night Football será tudo, exceto um jogo.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png