• Mateus Bertuol

Bill Belichick, Matt Patricia e Joe Judge chamarão o ataque dos Patriots em 2022

Após Josh McDaniels partir para ser o novo head coach do Las Vegas Raiders, uma vaga se abriu dentro da comissão técnica do New England Patriots: a de coordenador ofensivo. Entretanto, Bill Belichick conduziu movimentos um tanto quanto questionáveis em sua comissão técnica nesta offseason, e nenhum nome ficou totalmente encarregado para comandar o ataque dos Patriots.


Por isso, a questão sobre quem será o encarregado de chamar as jogadas ofensivas da equipe é uma das maiores incógnitas para a temporada de 2022 em New England. Contudo, a torcida recebeu uma possibilidade muito grande do que irá acontecer durante os OTAs (treinamentos voluntários) nesta última semana.


Mike Reiss, da ESPN americana, trouxe a notícia de que o head coach Bill Belichick, que estará entrando na sua 48ª temporada na NFL, e seus assistentes Matt Patricia e Joe Judge, que voltaram aos Patriots em 2021 e 2022, respectivamente, após frustradas passagens como treinadores principais, eram os encarregados de comandar os rumos do ataque durante os treinos. Portanto, a função de coordenador ofensivo em New England deverá possuir três nomes fazendo sua gestão: Belichick, Patricia e Judge.


NFL.com

A influência de Bill Belichick nos Patriots nem precisa ser descrita. O head coach de 70 anos possui carta branca para realmente decidir o que quiser dentro da franquia há anos, e mesmo tendo notória influência em ambos os lados da bola, sempre foi um técnico de mente defensiva, por toda sua carreira na parte defensiva do futebol americano. Essa será a primeira oportunidade em que Bellichick assume definitivamente um papel no ataque desde que ele foi treinador de wide receiver no Detroit Lions, em 1977.


Outra peça que exercerá a função de chamar as jogadas ofensivas da franquia será Matt Patricia, que também não possui muita experiência no lado ofensivo da bola. Patricia retornou aos Pats no ano passado, após uma frustrada passagem como head coach do Detroit Lions, onde acumulou um recorde de 13-29 em três temporadas no comando da equipe. Antes de se tornar treinador principal na NFL, seu maior destaque foi como coordenador defensivo nos Patriots, de 2012 a 2017. Porém, antes de passar para a defesa, ele foi assistente de linha ofensiva, algo que pode se repetir neste ano, e assistente ofensivo também em New England. Na última temporada, Patricia estava servindo como um “assistente sênior” dos Pats.


Para completar o tripé de coordenadores ofensivos, está Joe Judge, que volta a Foxborough também após uma decepcionante experiência como head coach no New York Giants. Em dois anos em Nova York, Judge acumulou um recorde de 10 vitórias e 23 derrotas, e foi demitido dos Giants nesta offseason, carimbando seu passaporte de volta aos Patriots. Antes de ser head coach, ele trabalhou com os special teams em New England, mas também possuiu um cargo totalmente focado no ataque.


Normalmente, equipes que tentam ousar com suas comissões técnicas e compartilham a função de coordenar parte do time com mais de uma pessoa, não apresentam tanto sucesso, e algo que complica ainda mais no caso dos Patriots é o fato de nenhum dos três coordenadores possuir definitivamente uma grande experiência no ataque. No entanto, nunca podemos duvidar das habilidades de Bill Belichick, e o head coach tem total chance de transformar o ataque dos Pats em um dos melhores da liga. Pode dar muito certo ou muito errado para Mac Jones e seus companheiros em 2022.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png