• Lucas Ventura

Bengals dominam e despontam na AFC North

Era perceptível ao longo da semana que a tarefa para Baltimore seria dura no domingo, jogando fora de casa, sem seu principal jogador do ataque, e com a defesa completamente desfalcada por conta de lesões. Contudo, o destino havia guardado mais uma peça para os Ravens, fazendo com que um surto de COVID de menores proporções tirasse ainda mais jogadores da defesa da equipe, e até mesmo o quarterback backup Tyler Huntley, o que obrigou a comissão técnica a escalar Josh Johnson, que havia assinado com a equipe há apenas duas semanas, e havia treinado como quarterback titular em apenas um treino.



Em campo, deu a lógica, e a defesa de Baltimore não foi capaz de segurar o ataque dos Bengals em nenhuma campanha, fazendo com que o punter da equipe sequer entrasse em campo, com Burrow e companhia conseguindo tirar ao menos três pontos todas as vezes em que entraram em campo. O desempenho da defesa dos Ravens, principalmente da secundária, foi pífio durante toda a partida. Mesmo quando o pass rush conseguia pressionar Joe Burrow ou mesmo forçar o sack, na jogada seguinte o quarterback conseguia encaixar uma big play e contornar todas as jardas perdidas, fazendo assim com que o drive permanecesse vivo. Já tendo perdido todos os seus cornerbacks titulares ao longo da temporada, o jogo dessa semana também acabou por lesionar Anthony Everett e Tavon Young, fazendo com que agora, Baltimore tenha que contar unicamente com os defensores de seu Practice Squad, com muitos inclusive, sequer tendo jogado mais de uma temporada de forma profissional em suas vidas.


Ravens Wire

O ataque até que tentou responder durante a partida, e entregou um desempenho satisfatório apesar de ser liderado por um quarterback que estava há pouco na equipe. Se a defesa conseguisse ser mais eficiente, o jogo até poderia ter sido competitivo, mas como dito, não foi o que ocorreu. Joe Burrow teve o melhor jogo de sua carreira, com mais de quinhentas jardas e lançando passes para quatro touchdowns, com muitas jogadas bonitas e em profundidade. A conexão Burrow-Chase se mostrou mais uma vez presente, e o Wide Receiver, apesar de estar apenas em seu primeiro ano na liga, já se firma como um dos principais nomes na posição dentre todos os seus colegas.


NFL.com

Com o resultado de domingo, os Bengals estão na ponta da AFC North, e uma simples vitória nas próximas duas semanas já os garantem como campeões de divisão, o que pode ser uma tarefa mais árdua do que aparenta, visto que a equipe possui dois jogos difíceis contra Kansas City e Cleveland. Já Baltimore, apesar da derrota, ainda ocupa a sétima seed da AFC, e está vivo na luta pela pós-temporada, um feito no mínimo impressionante, se levado em conta a quantidade de adversidades que o time vem enfrentando durante o ano. Tendo que ganhar os próximos dois jogos e ainda torcer para uma combinação de resultados de seus adversários, a equipe em tese ainda poderia ganhar a divisão, mas o cenário mais realista é que se classifique via Wild Card, o que promete ser uma briga árdua, visto que a tudo está em aberto ainda na AFC, com mais de dez franquias ainda brigando por sete vagas na pós-temporada.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png