• Lucas Rocha

Bears podem perder dois Pro-Bowlers nesta offseason

Após o fim do sofrimento chamado “Matt Nagy de head coach”, o Chicago Bears busca um recomeço. A equipe subiu no draft passado para pegar Justin Fields, e esperam que o jovem seja finalmente o franchise quarterback da equipe. Mas dois importantes jogadores podem estar de saída.



O Bears renovaram sua comissão técnica e foram atrás de um novo HC (Matt Eberflus, antigo coordenador defensivo do Colts) e um novo GM (Ryan Poles). O primeiro trabalho da dupla, porém, será filtrar os jogadores do elenco e escolher aqueles que continuarão e aqueles que serão dispensados, além de fazer tudo que puderem para que Fields alcance seu potencial. E dois nomes conhecidos da torcida podem estar dando adeus: o WR Allen Robinson e o DE Akiem Hicks.


Jonathan Daniel/Getty Images

Melhor WR da equipe, Robinson quer jogar com um QB veterano


Allen Robinson foi, talvez, o melhor WR do Bears na última década. Após quatro anos em Jacksonville, Robinson foi trocado para o Bears e ficou na equipe por quatro temporadas, mas se mostrou descontente com a equipe na temporada passada. Robinson passou das 1000 jardas recebidas em 2019 e 2020, mas teve um 2021 extremamente decepcionante, terminando a temporada com 38/66 para 410 jardas e apenas 1 TD, além de ter jogado o ano inteiro com a franchise tag. A tag é um recurso que pode ser usado em apenas um jogador de cada equipe que faz com que ele fique mais esse ano na franquia. Segundo fontes, o desejo de Robinson é jogar com um quarterback veterano, seja com um contrato longo com valores semelhantes ao assinado com o Bears na época ($14.000.000 de dólares por ano), seja com um contrato menor e mais curto como forma de se provar um WR de alto calibre (os 28 anos de idade podem ser um fator). Seja como for, parece que ambas as partes querem se separar, o que pode ser benéfico para ambas as partes.


Chris Unger/Getty Images

Akiem Hicks mostra descontentamento com diretoria passada


No caso de Hicks, o descontentamento vem em relação a comissão defensiva e, mesmo com a troca de praticamente todos os membros, o veterano quer novos ares. Embora os 32 anos de idade comecem a pesar, em especial para um jogador do estilo e posição dele, Hicks ainda se encontra dentre os melhores da posição. Nos últimos dois anos foram sete sacks e 74 tackles totais, números bons, embora menores do que seus primeiros anos em Chicago. Ainda assim, Hicks parece ter percebido que “seu tempo em Chicago chegou ao fim,” conforme escrito por Adam Jahns do portal The Athletic. Há alguns problemas em relação a contratar Hicks, porém. O jogador de 32 anos vem sofrendo cada vez mais com lesões que, somadas à idade, podem levantar dúvidas sobre a contratação ou não do veterano. Para ajudar, o valor de mercado de Hicks é estimado em cerca de $5.5 milhões de dólares por ano, valor bem abaixo dos $12.000.000 anuais que recebia no último contrato.


Jonathan Daniel/Getty Images

Caso os dois jogadores sejam liberados na free agency - que é o esperado -, o Bears ganha um alto valor no salary cap, mas adiciona ainda mais buracos ao elenco.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png