• Gabriel de Campos

Bears e Steelers se enfrentam no MNF

Chicago Bears contra Pittsburgh Steelers no Monday Night Football. A semana que separa os que apenas gostam de NFL dos fãs de verdade, pois, é nela que entra em vigor o horário de verão nos Estados Unidos e por consequência os jogos passam a ser uma hora mais tarde. Para aqueles que permaneceram acordados, teremos um duelo de gerações entre Justin Fields e Ben Roethlisberger. Quem será o vencedor?



Melhora de Pittsburgh traz vantagem


A vantagem de possuir um Head Coach tão consistente e confiável como Mike Tomlin, é ter certeza de que seu time não cometerá os mesmos erros do começo da temporada até o último jogo. Os Steelers costumavam passar muito a bola nos primeiros jogos, mas Big Ben aos 39 anos e com o ombro "semi machucado" não pode passar a bola 58 vezes em uma partida (isso aconteceu contra os Bengals na semana 3). A alternância é fundamental para equilibrar os passes com as corridas e abrir oportunidade para realizar play actions mais eficientes. Najee Harris, a escolha de primeira rodada de Alabama estava sendo desperdiçada. O running back chegou a ter uma média de 3 carregadas por partida, um número muito abaixo do esperado. Além disso, os drops também chegaram a ser um grande problema. Com a evolução do jogo dos Steelers, isso deixou de ser rotineiro.


Contra os Bears, a tendência é que os Steelers explorem bastante a defesa terrestre, já que contra São Francisco, Chicago permitiu 145 jardas e três touchdowns. Na defesa, o pass rush de Pittsburgh deve ser utilizado com bastante intensidade para aproveitar a linha ofensiva que mais permitiu sacks nessa temporada. Ouviremos falar bastante o nome de TJ Watt.



Draft Kings


Justin Fields em processo de aprendizagem


O quarterback Justin Fields, aos poucos vem encontrando seu estilo de jogo na NFL. Para aqueles que nunca o viram jogar no college football, foi uma descoberta saber que ele tem qualidade fazendo roll out e que se sente confortável fora do pockett. Em jogos anteriores ele não se mostrava nada confortável fazendo este tipo de jogada, mas no jogo passado ele estava mais à vontade. Isso parece ser relacionado a Matt Nagy. O head coach deve ter sido muito conservador em relação ao estilo de jogo de Fields. Porém, na partida em que Nagy estava fora pelos protocolos de COVID-19, Justin Fields estava bem mais solto e confortável em aproveitar suas qualidades.


Neste jogo, a defesa dos Bears terá que ser bem mais agressiva do que foi contra os 49ers. Naquele jogo não houve nenhum sack e nenhum QB hit, algo preocupante. Chicago não possui uma das melhores defesas contra corridas, e este aspecto também é bom que observemos com atenção.


NBC Chicago

Palpite


É nítida a superioridade de elenco dos Steelers neste confronto. A defesa de Pittsburgh ganhará este jogo e o ataque só precisará correr com a bola para gastar relógio. Não vejo os Bears reagindo positivamente às chamadas de Mike Tomlin, Matt Nagy terá muitos problemas neste sentido. Porém, acima de tudo, torço para ser um bom jogo. Todo Monday Night Football possui seu brilho e não deve ser descartado apenas pelo desnível das equipes.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png