• Rodrigo Menezes

Baltimore Ravens contrata Chris Smith

O Baltimore Ravens adicionou mais um jogador de linha defensiva em seu elenco. A equipe de Maryland assinou com Chris Smith, 29 anos, por 1 temporada, com o objetivo de dar profundidade ao seu elenco na posição de Defensive End, onde a equipe basicamente só tem Calais Campbell e Derek Wolfe como opções de qualidade.


Chris Smith chega para trabalhar na rotação de jogadores da defesa durante as partidas. Em seus 7 anos de profissional, ele participou de 68 jogos, sendo apenas 2 como titular. Ele tem passagens por Jaguars (2014-16), onde foi draftado na quinta rodada, Bengals (2017), Browns (2018-19) e Raiders (2020) e tem um total de 9.5 sacks em sua carreira.


Melhor momento da carreira de Smith foi pelos Browns, onde em 2018 fez as duas únicas partidas como titular em sua carreira. (Ron Schwane – AP Photo).

A posição de DE (EDGE) em Baltimore é um dos pontos de atenção da equipe. Após ter um bom ano em 2020, com 39 sacks, os Ravens viram dois jogadores importantes da posição deixarem a equipe: Matt Judon, que foi para os Patriots, e Yannick Ngakoue, que assinou com os Raiders. Ficando apenas com dois jogadores da posição, os Ravens foram obrigados a buscar novos atletas para compor elenco e permitir que tanto Campbell como Wolfe, dois jogadores mais veteranos, possam ter alguns snaps de descanso do lado de fora.


Smith atuou em 8 jogos pelos Raiders em 2020. Seu único sack nessa temporada foi em cima de Patrick Mahomes. (Michael Clemens – Las Vegas Raiders)

Ainda assim, é evidente que os pass rush da equipe deve sofrer uma considerável queda. Chris Smith pode ser um jogador útil na rotação, mas não tem nível suficiente para ser um fator determinante nessa defesa. Além disso, em caso de lesão de alguns dos titulares, Smith não é uma peça a altura para substituí-los. Por esse motivo, não será surpresa se os Ravens continuarem buscando no mercado mais jogadores para a posição, ou então tentando trabalhar alguns de seus OLBs para atuarem como EDGEs nessas situações. É um problema que deverá dar alguma dor de cabeça para John Harbaugh durante a temporada regular.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png