• Andrey J de Aguiar

Baita sorte! Os maiores Steals das franquias da NFC Leste

Como diz a minha avó: "vai ter essa sorte!" Em todo Draft, as franquias cometem erros e acertos. Não adianta, é muito difícil qualquer coincidência geral. Portanto, draftar atletas antes da hora ou depois, faz parte. Mas hoje vamos falar de coisa boa, os maiores Steals – escolher um prospecto depois do que era esperado para ele ser escolhido – das franquias da NFC Leste: Eagles, Cowboys, Giants e Washington.


Então vamos lá, começando pela Philadelphia!


Philadelphia Eagles


Começamos com a franquia que draftou o vencedor do Troféu Heisman, DeVonta Smith, wide receiver de Alabama. O prospecto foi o grande destaque no ano de 2020 pelo College, percorrendo mais de 1,8 mil jardas e anotando 23 touchdowns.


gif

Ele pode ser considerado um steal, pois possui um currículo muito bom, mas foi caindo no Draft por questões físicas – muitos o consideram muito magro. Porém, provavelmente, ele iria direto para os Giants, na escolha 11, e depois dos Eagles serem criticados por não se esforçar e pegar CeeDee Lamb no ano passado, Howie Roseman, General Manager da franquia da Philadelphia subiu e não deixou passar. Ousado, mas vai valer a pena!


Washington Football Team


Agora vamos viajar até a franquia da Capital dos Estados Unidos. Washington fez um draft razoável, recebendo algumas críticas de analistas, mas, ainda assim, conseguiu um Steal na terceira rodada, draftando Dyami Brown, wide receiver de North Carolina.


gif

Brown pode vir a ser o cara a dar profundidade ao ataque de Washington. Dentre as várias características positivas dele, podemos considerar que ele teve 8 touchdowns com mais de 40 jardas na carreira, além de pontuar a cada 5,3 recepções desde 2019 (dados da NFL).


E aí, vai brilhar na capital?


New York Giants


Se tem uma posição que os Giants estavam precisando de reforço, era a pass rusher. A partir dessa premissa, os Gigantes de Nova York escolheram na segunda rodada Azeez Ojulari, jogador de Georgia.


gif

Ojulari é um jogador diferente. No seu primeiro ano de college, foi nomeado capitão da equipe. E isso aconteceu devido a sua humildade e excelente caráter no esporte. Mas não se engane, ele é muito forte, atlético e agressivo. Características básicas para um bom Edge.


Um cara gente boa, torcemos para que brilhe nos Giants.


Dallas Cowboys


Por fim, mas não menos importante, a franquia de futebol americano mais rica do mundo, os Cowboys draftaram um excelente prospecto na 4ª rodada, Jabril Cox, de LSU. Linebacker oriundo de Dakota do Norte, ele se transferiu para Louisiania apenas em 2020.


Na sua última casa antes dos Cowboys, não foi um grande destaque, porém, nos anos anteriores ganhou 3 campeonatos e foi nomeado jogador defensivo do ano em 2018. Cox é um “monstro”, atlético e muito esforçado. De acordo com analistas da NFL, chegou a jogar com dores fortes, sem diminuir a potência.


Pode ser uma arma fortíssima na defesa de Dallas, não é mesmo?


 

E aí, quem mais vocês acreditam que tenha sido um “steal” no Draft da NFL 2021? Pode até ser cedo para analisarmos, mas a possibilidade de eles brilharem na liga é grande. Conte para nós nos comentários o que você acha disso.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png