• Pedro Zaniol

As melhores temporadas de quarterbacks de cada uma das 8 divisões da NFL

Em 2022, vamos ter uma das maiores concentrações de talento na posição de quarterback em uma divisão em toda a história da NFL, a AFC West terá 4 grandes quarterbacks. Nas casas de apostas, os 4 estão no top 15 de favoritos ao prêmio de MVP da temporada. Eles são: Patrick Mahomes do Kansas City Chiefs, Justin Herbert do Los Angeles Chargers, Russell Wilson do Denver Broncos e Derek Carr do Las Vegas Raiders.


Inspirado nesse fato e em uma lista das melhores divisões de quarterbacks da história da liga do jornalista Sam Robinson, da YardBarker, eu fiz uma lista com a melhor concentração de talento de cada uma das 8 divisões da NFL em uma temporada, vamos conferir essa lista:


8. AFC SOUTH 2009


Andy Lyons/Getty Images

O MVP e um dos maiores quarterbacks da história da NFL estava nessa divisão, Peyton Manning teve mais uma temporada impressionante em 2009, foram 4500 jardas, 33 touchdowns e 16 interceptações, números que o deram o seu quarto prêmio de MVP da carreira e ajudaram o Colts a chegar no Super Bowl XLIV. Os outros quarterbacks não tinham tanto nome como Manning, mas todos fizeram grandes temporadas e foram para o Pro Bowl.


Vince Young, do Titans, começou o ano como reserva, virou titular na semana 7 e venceu 8 das 10 partidas que começou. David Garrard, do Jaguars, teve a melhor temporada de sua vida e foi para seu primeiro e único Pro Bowl.


Kyle Shanahan, hoje conhecido por ser uma das maiores mentes ofensivas da NFL, estava apenas começando sua carreira como treinador no Texans. Em 2008, ele foi promovido a coordenador ofensivo pela primeira vez na sua carreira, e em 2009, ele ficou famoso ao ajudar Matt Schaub, quarterback do Texans, a ter o melhor ano de sua carreira, onde ele liderou a liga em jardas aéreas e foi para o Pro Bowl.


7. NFC WEST 2021


Ross D. Franklin/Associated Press

Uma temporada que está bem recente nas nossas memórias. Depois de 12 anos no Lions, Matthew Stafford foi trocado para o Los Angeles Rams e teve sucesso imediato, fez uma ótima temporada e liderou a equipe ao título do Super Bowl LVI.


Outros dois quarterbacks levaram seus times para a pós-temporada, Jimmy Garoppolo não foi brilhante, mas foi muito eficaz e ajudou mais uma vez o 49ers a chegar na final da NFC. Já Kyler Murray, jogou o melhor futebol americano de sua vida, principalmente no início da temporada, onde o Cardinals estava 7-0 e Murray era um dos candidatos ao título. Na segunda metade, as lesões atrapalharam e Kyler e o time perderam um pouco o gás.


O único quarterback que não foi para os playoffs é o com a carreira mais condecorada, Russell Wilson. Ele não jogou 3 jogos, a primeira vez que ele não jogou na carreira, e o Seahawks não conseguiu ser competitivo com ele, muito menos sem, e com isso, ficou de fora dos playoffs no que viria a ser a última temporada de Wilson em Seattle.


6. NFC NORTH 2009


Duas lendas da história do Green Bay Packers se enfrentaram nesse ano. Em seu segundo ano como titular, Aaron Rodgers já mostrava que era um dos melhores quarterbacks da NFL, foi para o Pro Bowl e levou o Packers para os playoffs.


Jogando em um dos maiores rivais, Brett Favre teve sua última grande temporada no Vikings. Ele se aposentou e retornou 2 vezes na carreira, primeiro no Packers (dando espaço a Rodgers), e depois no New York Jets. A ida para o Vikings machuca a torcida dos cabeças de queijo até hoje, mas para o restante dos fãs da NFL, foi incrível ver essa lenda ter seu último grande ano. Foram 4202 jardas, 33 touchdowns e 7 interceptações, o Vikings venceu a divisão e chegou na final da NFC, caindo para os futuros campeões Saints.


Completando a lista, Jay Cutler, que fazia sua estreia no Bears com muita pompa depois de ser trocado por um valor bem alto, Chicago mandou seu quarterback Kyle Orton, uma escolha de 3ª rodada e duas escolhas de 1ª rodada por Cutler. No Detroit Lions, estreava na NFL Matthew Stafford, a primeira escolha geral do draft de 2009, que trazia muita esperança para a franquia que tinha acabado de fazer história ao perder todos os jogos em 2008.


5. AFC CENTRAL 1979


Tony Tomsic

Com a adição de times, a NFL já teve várias formações diferentes, a atual, com 8 divisões, foi criada em 2002, com a chegada da franquia mais recente, o Houston Texans. Em 1979, a liga tinha 6 divisões, e uma delas era a AFC Central, que tinha Pittsburgh Steelers, Cincinnati Bengals, Cleveland Browns e Houston Oilers (atuais Titans). Por ter 3 dos 4 times da atual AFC North, a AFC Central que vai representá-los.


De 1978 até 1981, todos os MVPs da NFL saíram da AFC Central, um de cada time da divisão. 79 foi o único desses anos que um quarterback não ganhou, quem levou foi o running back Earl Campbell, do Oilers, mas todos os 4 quarterbacks da divisão tiveram bons anos.


A lenda Terry Bradshaw, MVP de 78, foi mais uma vez muito bem e liderou o Steelers ao bicampeonato seguido, seu 4º título na história, e foi o MVP do Super Bowl.


Brian Sipe, do Browns, foi o líder de touchdowns da liga e no ano seguinte ele foi o MVP da liga. Ken Anderson, do Bengals, o fututo MVP de 81, teve uma boa temporada, mas o restante do elenco do Bengals era bem ruim e o time teve um ano abaixo.


O último era o pior deles, Dan Pastorini, um quarterback digno de ser titular, mas longe de ser um grande jogador, ajudou o Oilers a chegar na final da AFC, mas o principal responsável era o running back e lenda Earl Campbell.


4. NFC SOUTH 2016


bloggingdirty.com

Mais uma vez Kyle Shanahan ajudando um quarterback dessa lista, dessa vez foi Matt Ryan, MVP na melhor temporada sua da carreira, foram 4944 jardas, 38 touchdowns e 7 interceptações. O quarterback quase teve a temporada dos sonhos, teve um primeiro tempo impecável no Super Bowl LI, mas tudo isso foi seguido por um dos piores segundos tempos da história de um time que culminou na virada de 28-3 do New England Patriots.


Drew Brees, uma das lendas do Saints e da NFL, fazia a sua quinta temporada de mais de 5000 jardas na carreira, um recorde da liga, Cam Newton, o MVP de 2015, não conseguiu repetir o bom ano em 2016, teve uma temporada abaixo assim como o time todo do Panthers.


Jameis Winston, em sua segunda temporada, mostrava potencial e fez bons números, 4090 jardas, 28 touchdowns e 18 interceptações, ajudou o Tampa Bay Buccaneers a ter sua primeira temporada com mais vitórias do que derrotas desde 2010, mas mesmo assim ficou de fora dos playoffs.


3. AFC WEST 1993


si.com

Quando o maior jogador da história do esporte a época chega na sua divisão, algo especial está para acontecer. Foi isso que vivenciou o Kansas City Chiefs em 1993, quando Joe Montana, a época considerada o GOAT da NFL, foi trocado para o time. Ele ajudou a equipe a vencer 11 partidas, vencer a divisão, e chegar na final da AFC pela segunda vez, 24 anos depois da primeira aparição.


Outra lenda que estava nessa divisão era John Elway, do Denver Broncos, que lançou para 4030 jardas, 25 touchdowns e 10 interceptações e levou a franquia para a pós-temporada. Nesse ano, 3 times da AFC West foram para os playoffs, o 3º time foi o Los Angeles Raiders, comandado por Jeff Hostetler, quarterback que chegou no Raiders em 93 e que venceu o Super Bowl XXV com o New York Giants substituindo o machucado Phil Simms.


Os outros dois quarterbacks da divisão eram Stan Humphries, do San Diego Chargers, um bom titular que chegou a levar o Chargers para o Super Bowl na temporada seguinte, e Rick Mirer, novato, segunda escolha geral do Seattle Seahawks (sim, de 1977 até 2001, o Seattle Seahawks jogava na AFC, com a chegada do Texans em 2002, ele foi realinhado para a NFC), que fez uma boa temporada de estreia.


2. AFC EAST 1995


Doug MacFarland/Batavia Daily News

Durante os anos 80 e 90, duas lendas e Hall of Famers disputavam o título da divisão ano a ano. Dan Marino no Miami Dolphins e Jim Kelly no Buffalo Bills, em 1995, com idades mais avançadas, os dois craques tiveram uma de suas últimas grandes temporadas. Ambos levaram suas equipes para os playoffs, Kelly como campeão da divisão e Marino como Wild Card, e os times se enfrentaram na primeira rodada, com o Buffalo Bills prevalecendo por 37 a 22.


Mas o time dessa divisão que foi mais longe foi o Indianapolis Colts, que chegou na final de conferência, seu quarterback era Jim Harbaugh, atual treinador da Universidade de Michigan e ex-treinador do San Francisco 49ers, 95 foi o melhor ano de sua carreira.


Os outros dois quarterbacks da divisão viviam momentos muito diferentes de suas carreiras. Boomer Esiason, do New York Jets, foi o MVP da temporada 1988 com o Bengals e já estava nos momentos finais de sua carreira, em decadência. Já no New England Patriots, estava o jovem Drew Bledsoe, primeira escolha geral do draft de 1993 e que levaria a franquia ao Super Bowl XXXI, em 1997.


1. NFC EAST 1992


dallascowboys.com

Foi nessa temporada que Troy Aikman, lenda do Dallas Cowboys, venceu o seu primeiro Super Bowl com a franquia, em seu primeiro grande ano da carreira, ele foi para o Pro Bowl e venceu o prêmio de MVP do Super Bowl.


Além do Cowboys, o Philadelphia Eagles também foi para os playoffs, quem liderou a equipe foi o vencedor do prêmio de comeback player of the year, Randall Cunningham, que voltou depois de perder quase todo o ano de 91 com uma lesão, o Eagles e o Cowboys se enfrentaram no Divisional e Dallas venceu por 34 a 10.


Um terceiro time foi para a pós-temporada, os atuais campeões Washington Redskins, do vencedor do prêmio de MVP do Super Bowl XXVI, Mark Rypien, que teve uma boa temporada, mas a equipe ficou no Divisional ao perder para o 49ers.


Completam a lista Phil Simms e Jeff Hostetler, ambos do New York Giants, Simms mais uma vez se machucou no meio da temporada e precisou ser substituído por Jeff, mas ele não conseguiu repetir a boa temporada de 1990 e a franquia ficou de fora dos playoffs. O último nome era Chris Chandler, do Phoenix Cardinals (atuais Arizona Cardinals), um quarterback bom que rodou bastante pela liga, seu melhor ano no Cardinals foi em 92, mas ele só se encontrou mesmo no Falcons, onde foi para o Pro Bowl em 97 e 98 e chegou no Super Bowl na temporada de 1998.


Essas foram as melhores temporadas de quarterbacks de cada uma das 8 divisões da NFL, você acredita que a AFC West pode entrar nessa lista daqui a alguns anos? E quais outras divisões atuais da NFL você acha que podem figurar entre as com melhores quarterbacks no futuro? Responda para a gente na seção de comentários.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png