• Pedro Zaniol

Após 18 anos, Pittsburgh Steelers deve voltar a draftar um quarterback na 1ª rodada

A torcida do Pittsburgh Steelers nem lembra mais qual é a sensação de não ter um quarterback. Foram 18 incríveis temporadas nas quais o time foi para 3 Super Bowls e venceu 2 títulos com Ben Roethlisberger comandando o ataque. Porém, essa linda história chegou ao fim, e Pittsburgh entra em uma nova era.



Os primeiros dias desse novo Steelers foram um pouco confusos, com os torcedores não sabendo muito bem qual caminho o time iria seguir. Se iriam trocar por algum outro quarterback, se iriam contratar alguém na free agency ou se iriam escolher um novato no draft. O começo da free agency deixou o pessoal ainda mais perdido, em um movimento inesperado, a franquia contratou o quarterback Mitchell Trubisky por 2 anos pagando 14 milhões de dólares.


triblive.com

Se em um primeiro momento, pareceu que o Steelers iria com Trubisky como titular para a temporada 2022, com o passar do tempo essa ideia foi perdendo força. Começou a ficar claro que o time estava interessado em draftar um quarterback no Combine da NFL, quando o Treinador Mike Tomlin entrevistou todos os melhores prospectos da posição. Além disso, o time enviou ou Tomlin, ou o General Manager Kevin Colbert ou o Coordenador de Scouts Brandon Hunt para o Pro Day de todos os melhores prospectos. Para completar, em entrevista para a repórter da ESPN Americana Brooke Pryor, Colbert disse o seguinte:


“Nós viemos para o Pro Day de todos os principais quarterbacks pela primeira vez em muito tempo porque nós podemos estar em uma posição de precisar de um. Isso significa que nós vamos selecionar um? Possivelmente.”

Todas essas ações do Steelers demonstram que o time quer sim escolher o seu quarterback do futuro nesse draft, e que a chegada de Trubisky é para ajudar esse novato e criar um ambiente mais competitivo pela titularidade. Mas o que podemos esperar do Steelers nesse draft? Será que eles serão agressivos? Ou vão esperar e pagar para ver o que vai acontecer?


O draft de 2022 é muito difícil de prever o que vai acontecer. Isso porque, comparado com as classes desde 2014, é uma das piores na questão da qualidade (pelo que mostraram no college, não tentando prever o futuro) dos prospectos como um todo. Com uma qualidade menor, a avaliação fica mais complicada, e a imprevisibilidade no draft fica ainda maior do que o normal.


steelcityunderground.com

Os quarterbacks também estão inclusos nessa classe ruim. Não existe nenhuma certeza na posição, e todos os jogadores geram dúvidas para os especialistas que os avaliam. Voltando para 2014, em nenhum ano desde então tiveram tão poucos mock drafts de especialistas colocando um quarterback selecionado no top 3.


Pittsburgh tem basicamente 2 opções se quiser draftar um quarterback, esperar até a sua vez, na 20ª escolha, e selecionar o 3º ou 4º quarterback da 1ª rodada, ou subir no draft para garantir o prospecto de sua escolha.


O torcedor pode olhar essas duas opções com otimismo (copo meio cheio) ou pessimismo (copo meio vazio). O pessimista vai dizer que, em uma classe fraca, selecionar o terceiro ou o quarto jogador da posição vai te dar um atleta abaixo da média, e subir para escolher o primeiro quarterback seria uma aposta muito cara por alguém que pode não valer ela. Já o otimista vai dizer que, como a classe é fraca, é uma oportunidade única para subir no draft, pois com menos demanda, o mercado vai estar menos movimentado, e sairá mais barato para subir no draft, outro argumento é que, mesmo que espere na 20ª posição e não pegue o melhor prospecto, a classe de 2022 está recheada de jogadores que tem potencial, mas ainda estão longe de atingi-lo, que precisam corrigir alguns defeitos. Bom, nada melhor do que uma das melhores franquias da história da NFL, com um excelente treinador, para lapidar esse possível diamante bruto.


Jonathan Bachman/Getty Images

Tudo vai depender de como o dia do draft vai se enrolar, se Malik Willis, quarterback de Liberty e visto pela maioria dos especialistas como o melhor prospecto da posição, passar da 6ª escolha (Carolina Panthers), o Steelers vai fazer uma proposta para o New York Giants para ir para a 7ª escolha para pegá-lo, os rumores de jornalistas dizem que Tomlin gostou muito do jogador, e está disposto a subir para tê-lo. Se ele sair no começo do draft, ai eu acredito que a franquia vai ficar na 20ª posição, e selecionar o seu quarterback favorito dos que ainda estão disponíveis.


E o torcedor, está animado para o futuro do Steelers com um novo quarterback? Gostaria que o time subisse no draft ou ficasse com a escolha 20? E qual é o seu quarterback novato dos sonhos para jogar no Pittsburgh Steelers? Nos conte tudo aqui embaixo nos comentários.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png