• Vinicius Kafka

Anthony Lynn não planejava treinar uma equipe em 2021

Ex-Head Coach de longa data no Los Angeles Chargers, Anthony Lynn acabou sendo demitido em janeiro deste ano, após ficar fora dos playoffs novamente e ter um desgaste natural por estar anos na equipe sem conquistar um Super Bowl. O treinador foi convidado do podcast Compas On The Beat com Gilbert Manzano e Fernando Ramirez e comentou sobre seus planos iniciais após sair dos Chargers.



O novo coordenador ofensivo do Detroit Lions falou que já havia trabalhado junto com Dan Campbell (Head coach) e Aaron Glenn (Coordenador defensivo) e que a chance de trabalhar com eles foi um fator determinante para aceitar o cargo.


Crédito: AP/David Zalubowski

"Eu conheço esses dois muito bem. Tanto como treinadores quanto como jogadores. E assim, como o treinador (Bill) Walsh meio que me escolheu, me colocou de lado e conversou comigo sobre treinamento e funções, eu tento fazer a mesma coisa com os jogadores atuais."

"Acabei de ajudar a plantar essa semente - quando você terminar de jogar, é algo que acho que você deveria fazer (tornar-se um treinador). E fiz isso com Dan e Aaron Glenn.

“E eu ia ficar de fora este ano, mas quando eles ligaram, eu tive que ir porque queria fazer parte disso. Eu sabia que seria especial”.

“Acho que, dado que tenho trabalhado desde os seis anos de idade - não tive uma pausa desde os seis anos, literalmente. E eu realmente tinha em mente que ia tirar um ano sabático, cara. Viajar um pouco, ir ver alguns outros times, visitar alguns dos treinadores que eu conhecia, ver como eles estão fazendo as coisas. Eu tinha feito minha mente para descansar e estudar. Mas então, quando Dan ligou, isso mudou tudo. Mas, por respeito, eu fui falar com alguns outros treinadores. E esses são os caras que me ajudaram na minha carreira no caminho certo, então eu devia isso a eles. Parecia certo ir a Detroit”.

Crédito: Ian Johnson/Icon Sportswire via Getty Images

Lynn terá a difícil missão de lidar com o ataque do Detroit Lions que passa por reformulação, mas Lynn parece empolgado em surpreender os adversários. Em seguida comentou sobre como é trabalhar com Jared Goff.


“Foi um prazer absoluto trabalhar com Jared (Goff). Foi muito legal ver ele crescer como líder em nosso time de futebol e dar algumas dicas. Mas ele teve alguns treinos realmente bons e espero que isso continue no training camp e na temporada regular. Mas estou muito satisfeito com o que vi até agora. ”

“Observei o cara por dois anos de perto e pessoalmente na prática e sempre fiquei impressionada com seu talento no braço”.

São novos ares em Detroit e a equipe promete mudanças em relação a anos anteriores.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png