• Mateus Bertuol

Andy Dalton será o QB titular dos Bears na semana 1

A novela sobre quem seria o quarterback titular dos Bears na semana 1 teve um desfecho, mesmo com as péssimas atuações de Andy Dalton e a torcida já implorando para que Justin Fields assuma a liderança do ataque o quanto antes. Mesmo com boas atuações de Fields, o treinador Matt Nagy confirmou que Dalton deve ser o titular na primeira semana.



Em entrevista nesta semana, o Head Coach Matt Nagy confirmou o que já havia decretado na offseason, que Andy Dalton será o QB titular da equipe na primeira partida da temporada. Contudo, Nagy também adiantou que Justin Fields começará o próximo jogo, e último, da franquia na pré-temporada, o que anima a torcida que tanto pede o calouro como titular já no início de setembro.


Se Fields tiver uma grande atuação no próximo sábado contra os Titans, provavelmente a pressão para vê-lo jogar será grande em cima do treinador, assim tornando quase impossível a decisão de deixá-lo no banco contra os Rams.


AP Photo/Kamil Krzaczynski

Que Fields é melhor que Dalton não há discussão, o principal argumento para não colocar o calouro já nas primeiras semanas é o fato de a equipe jogar contra fortes defesas, assim a carreira de Fields poderia entrar em risco caso ele não estivesse totalmente pronto para atuar na NFL. Por outro lado, se com Fields isso pode prejudicar sua carreira na liga, com Dalton as probabilidades de vitória de Chicago caem consideravelmente, e com um início ruim as chances dentro da divisão serão muito menores.


A pré-temporada é um fator determinante para a escolha do QB e Fields tem levado a melhor. Contra os Dolphins o camisa 1 registrou 14/20 passes certos para 142 jardas, 1 TD aéreo e outro corrido. Já Dalton começou os dois jogos e foi mal em ambos. Se tirarmos o TD de 73 jardas do jogo contra os Bills, ele terminaria com 10/16 passes corretos para 73 jardas e 1 interceptação, e ainda por cima sendo vaiado pela torcida.


Robin Alam/Icon Sportswire

Na temporada passada Dalton recebeu a missão de conduzir o Dallas Cowboys aos playoffs após a lesão de Dak Prescott. Sabemos das dificuldades defensivas do time em 2020, mas quando saudável Dak estava fazendo esse ataque ser um dos melhores da liga, chegando a um recorde de 2 vitórias e 3 derrotas. 2-3 não é um recorde bacana para se ter nos primeiros 5 jogos, mas contando que o time tinha boas peças no ataque e estava na divisão mais frágil da liga, terminar com um 8-8 não seria impossível para Dalton, mas foi.


Temos que levar em consideração a lesão que ele teve no jogo contra Washington, que também o afastou de outros 2 jogos, mas quando titular Dalton terminou 2020 com um recorde de 4 vitórias e 5 derrotas, mostrando que ele não tem condições de “carregar” uma equipe.


Supondo que os Packers vão sobrar mais um ano dentro da divisão e que os Lions estão em completa reformulação, os Bears provavelmente terão uma briga forte com os Vikings valendo uma possível vaga de wild card. Já sabemos o que Dalton pode apresentar e com ele é muito improvável desse time chegar aos playoffs. Já Fields parece mudar o estilo de jogo do ataque e tem uma perspectiva de desempenho muito acima de Dalton, além de ter o apoio da torcida no momento. A não ser que Chicago esteja planejando focar apenas em 2022, a melhor decisão seria colocar Fields logo no início da temporada.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png