• Vinicius Kafka

Andrew Whitworth próximo da aposentadoria

Um dos jogadores mais longevos da NFL, Andrew Whitworth, left tackle do Los Angeles Rams, afirmou que pretende se aposentar ao final da próxima temporada. Não é a primeira vez que durante a offseason o jogador de 39 anos teve sua aposentadoria especulada, mas desta vez a possibilidade parece ser real, considerando a idade tão avançada, afinal em dezembro o veterano completa 40 anos. Durante uma aparição no podcast Green Light de Chris Long, Andrew confirmou suas pretensões em encerrar sua longa carreira.


O jogador comentou inicialmente sobre uma lesão no joelho que sofreu em 2013.



“Eu pensei, se eu superar isso, eu quero tentar jogar até os 40. E isso foi tipo - eu não achei que fosse realista ou que aconteceria. Mas eu estava tipo, eu quero tentar fazer isso. Então, este ano, para mim, parece que é isso . Isso é tipo, eu coloquei tudo para tentar jogar esta temporada e jogar no nível que eu quero. Acho que provavelmente será o fim, mas quero dizer, todos os meus amigos mais próximos diriam que eu disse isso por cerca de sete anos consecutivos. Então, eu não sei o quão crível isso é, mas parece que é”.


Crédito: Reinhold Matay-USA TODAY Sports

Andrew Whitworth começou sua carreira no futebol americano em seu Estado natal, Louisiana, onde foi um dos principais jogadores saindo do High School, sendo eleito o sexto melhor jogador de linha ofensiva dos Estados Unidos. Tamanho prestígio que lhe garantiu uma bolsa em LSU, onde continuou se destacando e acabou sendo um dos principais nomes da posição de sua classe no Draft de 2006. Acabou sendo recrutado pelo Cincinnati Bengals na segunda rodada.


Por Cincinnati começou atuando como left guard, devido a lesões na linha ofensiva e teve bastante êxito em sua nova posição. Em 2009 acabou voltando para sua posição de origem e desde então não voltou a ser guard. Em 2013 sofreu uma lesão no joelho que quase lhe custou a carreira, mas voltou e muito bem.


Após anos como franchise left tackle dos Bengals, assinou com o Los Angeles Rams em 2017 e teve impacto imediato em sua nova equipe, sendo eleito ao pro bowl pela quarta vez. Em 2018 foi peça importante da campanha que levou a equipe para o Super Bowl diante do New England Patriots. Em 2019 conquistou um fato notável ao vencer os Bengals, tornando-se o 12° jogador na história a vencer todas as equipes da NFL. Na temporada passada sofreu uma lesão na semana 10 e voltou apenas para os playoffs.


Crédito: AP Photo/Ashley Landis

Em uma das posições mais brutais da Liga, o jogador estar ativo até os 40 anos é um feito incrível e não só jogando, como atuando em alto nível. Será peça fundamental na proteção a Matthew Stafford e assim conquistar o tão sonhado anel do Super Bowl.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png