• Luiz Pedro Ramalho

Análise da Semana 11 da AFC Norte

Após mais uma semana da temporada de 2021 da NFL sendo encerrada, vamos para nossa já tradicional análise do que aconteceu durante esta 11ª rodada de jogos com as equipes da AFC Norte, que é uma das divisões mais abertas da liga no atual momento e onde todos os times ainda possuem chances de conseguirem uma vaga nos playoffs.



Vamos pela ordem de classificação:


1º lugar – Baltimore Ravens (7-3)


Apesar da ausência de Lamar Jackson, que estava doente, o Baltimore Ravens enfrentou o Chicago Bears com o QB reserva, Tyler Huntley, no comando do ataque e venceu o oponente por 16 a 13 dentro do Soldier Field, em Chicago. A baixa pontuação no placar mostra a ineficiência em ambas as produções ofensivas, sendo que o único touchdown anotado pelos Ravens no confronto foi em uma corrida de Devonta Freeman nos minutos finais da partida, que novamente foi bastante acionado no jogo terrestre, ainda mais após a saída de Le’Veon Bell.


Foto: Jamie Sabau/Getty Images

Essa foi a sétima vitória dos Ravens na temporada e agora eles se estabelecem na primeira posição da divisão norte com mais 7 partidas pela frente. Porém, as coisas podem ficar mais difíceis nessa reta final, já que a maioria dos próximos jogos serão confrontos divisionais, em que, se os Ravens não conseguirem sair com o triunfo, seus rivais podem tomar a vaga, que ainda não está garantida para nenhum dos times. Dessa forma, Baltimore já tem uma difícil tarefa para a Semana 12, na qual enfrentarão o Cleveland Browns no próximo Sunday Night Football e a expectativa é que Lamar Jackson já esteja saudável para entrar em campo.


2º lugar – Cincinnati Bengals (6-4)


A vice-liderança da AFC Norte após o fim da Semana 11 fica por conta do Cincinnati Bengals, que possui apenas uma vitória a menos que o primeiro colocado depois de vencer seu último compromisso, contra o Las Vegas Raiders fora de casa, com larga vantagem no placar de 32 a 13. A partida não foi uma atuação espetacular da equipe, mas o triunfo contra um provável competidor direto por uma vaga no wild card foi de extrema importância para Cincinnati continuar na briga por uma aparição nos playoffs após tanto tempo.


Foto: Matthew Stockman/Getty Images

Os Bengals não eram considerados favoritos ao título da divisão antes da temporada começar, mas o bom trabalho da defesa e a química entre o QB Joe Burrow com seu recebedor Ja’Marr Chase foram uma grata surpresa nas primeiras semanas, o que fez a equipe voar e chegar até o topo da AFC por algumas rodadas. Apesar disso, Cincinnati ainda é um time muito inconsistente e as derrotas para os Jets e Browns foram frustrantes para os torcedores e para a sequência de boas atuações do elenco. Porém, a vitória contra os Raiders pode ter dado um ar de esperança para o time retomar o desempenho das primeiras partidas e, assim, brigar pela liderança da divisão novamente.


3º lugar – Pittsburgh Steelers (5-4-1)


Com uma campanha de 5 vitórias, 4 derrotas e 1 empate, o Pittsburgh Steelers até que lutou bravamente, mas foi vencido pelo Los Angeles Chargers no último Sunday Night Football em um grande jogo que terminou em 41 a 37 para os donos da casa. Mesmo com o resultado desfavorável, os Steelers ainda possuem chances de sonhar com algo dentro da divisão. Isso porque T.J. Watt e Minkah Fitzpatrick, duas das principais peças da defesa, ficaram de fora do último confronto, mas devem retornar em breve para contribuir ainda mais com a unidade defensiva de Pittsburgh, que é uma das melhores da liga e pode fazer o time alcançar altos patamares em 2021.


Foto: Robert Gauthier/Los Angeles Times

No papel, o ataque dos Steelers não impressiona muita coisa, já que Juju Smith-Schuster está fora da temporada por lesão e Big Ben está longe do auge de sua carreira. Ainda assim, o jogo terrestre com Najee Harris vem produzindo bastante jardas ofensivas e a diminuição dos drops em relação ao ano passado é importante para que os Steelers continuem fazendo boas atuações, principalmente nos próximos jogos, que serão contra Bengals e Ravens.


4º lugar – Cleveland Browns (6-5)

O último colocado da AFC Norte é o Cleveland Browns, que enfrentou o fragilizado time do Detroit Lions na Semana 11 e, como já era esperado, venceu o jogo. Porém, a tarefa foi mais difícil do que se imaginava e os Browns anotaram apenas 13 pontos (contra 10 do adversário). Com Baker Mayfield jogando lesionado, Cleveland teve dificuldade para matar a partida e passou sufoco, mas do outro lado estava o quarterback reserva Tim Boyle, que não conseguiu fazer muita coisa para os Lions, facilitando a vida dos Browns. Novamente, o jogo terrestre foi a principal arma do ataque, sendo que Nick Chubb voltou da lista de Covid-19 muito bem e D’Ernest Johnson está conseguindo “segurar a barra” enquanto Kareem Hunt se recupera de lesão.


Foto: Frank Jansky/Icon Sportswire

Apesar da campanha positiva, Cleveland ainda é o último colocado da divisão devido aos tropeços e instabilidade nas últimas semanas, mas ainda almeja uma vaga na pós-temporada, visto que está tudo em aberto na divisão e os próximos confrontos podem ser uma boa oportunidade para a equipe retomar a confiança e mostrar que ainda são grandes candidatos para levar a AFC Norte.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png