• Pedro Zaniol

Aaron Rodgers quer o maior salário da NFL para ficar no Packers

Chega mais uma pré-temporada, chega mais um episódio da novela Aaron Rodgers/Green Bay Packers. Depois de fazer uma publicação enigmática em seu instagram com cara de despedida, e dar uma entrevista no show do ex-punter Pat McAfee. O futuro de Aaron Rodgers continua uma grande incógnita. Uma saída que já pareceu mais provável, agora parece não ser o caso. As duas últimas notícias dadas por repórteres americanos deram uma esperança aos torcedores de Green Bay que querem que esse casamento continue.



A primeira notícia foi informada por Adam Schefter, repórter da ESPN americana. Em seu twitter, ele afirma que o Green Bay Packers está disposto a dar um all-in em 2022. Gastar todo o teto salarial, e adiar esse problema para o futuro, em prol de trazer a sua grande estrela e 4 vezes MVP de volta, além da grande maioria dos seus companheiros de time, como o seu alvo favorito, Davante Adams, que está em final de contrato, mas deve ser colocado na franchise tag.



Schefter cita que o caso é parecido com o que o New Orleans Saints fez com Drew Brees em seus últimos anos de carreira. Gastando sempre o limite do teto, renegociando o contrato dos jogadores para anos futuros na busca de um segundo anel para a franquia.


A outra notícia foi reportada por Diana Russini, também jornalista da ESPN americana, que trouxe no programa The Rich Eisen Show a informação de que Aaron Rodgers, para continuar jogando na NFL, ele gostaria de se tornar o jogador mais bem pago da liga. Atualmente quem tem esse título é Patrick Mahomes, que recebe 45 milhões de dólares por temporada. Diana completa que o jogador espera receber algo em torno de 50 milhões de dólares anualmente.


A situação do salary cap de Green Bay não está boa. De acordo com o site spotrac, especialista em contratos, a franquia tem projetado para 2022 75 milhões de dólares acima do teto. Renovar com Rodgers parece ser algo impossível. É aí que vem a grande notícia boa. Em 2023, os novos contratos de tv com as emissoras entram em vigor, e o salary cap explodirá em seu valor. Se o Packers conseguir renegociar os contratos atuais para entrar no teto em 2022, a tendência é que consiga acomodar mais uma renovação com Rodgers para o fazer o atleta mais bem pago do futebol americano.


Jeff Hanisch-USA TODAY Sports

Se tudo isso acontecer, a franquia de Wisconsin manterá um time forte, para continuar brigando por títulos por pelo menos mais dois anos. Em contramão, o lado ruim disso tudo, é que a escolha de 1ª rodada, Jordan Love, parece cada vez mais não ter convencido o time de que é a resposta para o futuro. Se Aaron jogar em 2022 e 2023 pelos Packers, Love terá sido banco em os seus 4 anos de contrato de novato, e dificilmente receberia uma renovação. E para a torcida dos cabeças de queijo, vocês gostariam de ter Aaron Rodgers por mais algumas temporadas no time? Ou querem que a era do amor comece em Green Bay? Responda para a gente nos comentários.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png