• Marcos Vinicius Soares

A História da Legion of Boom!

Com o Draft se aproximando, é sempre bom relembrar uma equipe campeã que se formou majoritariamente pelo Draft da NFL, e o time de hoje é o Seattle Seahawks de 2013. Se você nunca ouviu falar da Legion of Boom, agora você vai ter uma oportunidade. O trio de DB do Seattle Seahawks com certeza colocou a defesa do time entre uma das melhores da história da Liga.


Crédito: Steven Bisig-USA TODAY Sports

Quando os Seahawks selecionaram Richard Sherman, Earl Thomas e Kam Chancellor no Draft, ninguém poderia prever o sucesso que eles teriam juntos. Apenas Thomas foi uma escolha alta no recrutamento, Sherman e Chancellor vieram após a pick 100, mas o impacto que eles conseguiram foi de elite. Em 2010, Seattle teve o 29º pior DVOA defensivo da NFL, em 2011, a secundária do time já estava no topo da Liga, em 2012, ficou entre as 3 melhores, com Sherman e Thomas obtendo suas primeiras seleções All Pro da carreira.


Nesta temporada, a chegada do quarteback Russell Wilson no ataque e do linebacker Bobby Wagner no miolo da defesa deram um novo gás a equipe que se classificou aos playoffs, sendo eliminada em um emocionante duelo no Divisional Round. Aquilo era o começo de algo grande, afinal, 2013 foi o auge da Legion of Boom. Com um ataque muito mais eficiente no segundo ano de Russell Wilson, o talento da secundária ficou ainda mais evidente e a unidade foi por larga margem a melhor da Liga. Sherman e Thomas foram novamente All Pro, o cornerback liderou a NFL em interceptações com 8, o safety teve 5 e Chancellor teve 3. O talento no fundo do campo era tanto que até mesmo a linha defensiva do time, sem nomes de expressão, figurou entre as 10 melhores da temporada. Com a defesa jogando em nível histórico, o time terminou o ano com campanha 13-3 e a seed 1 da NFC. Nos playoffs Drew Brees foi engolido e limitado a 15 pontos no Divisional Round e no NFC Championship Game, houve a consagração de Richard Sherman com o passe desviado que resultou na interceptação de Malcolm Smith a 30 segundos do fim, em um jogo onde a ótima defesa dos 49ers atrapalhou muito a vida de Wilson e a secundária de Seattle brilhou.


No Super Bowl, ocorreu o encontro entre a melhor defesa e o melhor ataque da temporada, a Legion of Boom iria encarar o ataque de 55 touchdowns aéreos de Peyton Manning! Esperava-se um jogo histórico, e ele foi, mas não pela competitividade, e sim pelo massacre. A defesa de Seattle não deu a menor chance a Manning e seus companheiros, trucidaram o ataque dos Broncos que anotou míseros 8 pontos. A pressão em Peyton era constante, os recebedores de Denver não conseguiam sair da linha de scrimmage, foi um pesadelo, que resultou no placar de 43x8 e no 1º título da franquia. Em 2014 a unidade seguiu sendo a melhor da NFL e levou Seattle a outro Super Bowl, porém desta vez o desfecho foi diferente, e depois daquele passe na linha de 1 jarda nada mais foi igual nos Seahawks, mas esse jogo é história para outro texto.



BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png