• Bernardo Bohm

A espera de um milagre – O calendário do Chicago Bears

O calendário do Chicago Bears para a temporada de 2021 foi divulgado, e a franquia campeã de 1985 conheceu seus adversários - que são dos mais complicados, diga-se de passagem. Matt Nagy e Ryan Pace estavam com a corda no pescoço, mas a escolha por Justin Fields os deu tempo para trabalhar e elevou os ânimos dos torcedores, mesmo sabendo que o novo camisa 1 não deve ser o titular imediato. Com um elenco melhor, mas com muitos jogos difíceis, os Bears devem sofrer nesta temporada. Nós, do Golim Sports, destacamos alguns dos jogos mais emblemáticos de Chicago para a próxima temporada. Veja logo abaixo.


CHICAGO BEARS


  1. Semana 1: Bears @ Rams - 12/09 - SNF

  2. Semana 2: Bears vs Bengals - 19/09

  3. Semana 3: Bears @ Browns - 26/09

  4. Semana 4: Bears vs Lions - 03/10

  5. Semana 5: Bears @ Raiders - 10/10

  6. Semana 6: Bears vs Packers - 17/10

  7. Semana 7: Bears @ Buccaneers - 24/10

  8. Semana 8: Bears vs 49ers - 31/10

  9. Semana 9: Bears @ Steelers - 08/11 - MNF

  10. Semana 10: BYE

  11. Semana 11: Bears vs Ravens - 21/11

  12. Semana 12: Bears @ Lions - 25/11 - Thanksgiving Day Football

  13. Semana 13: Bears vs Cardinals - 5/12

  14. Semana 14: Bears @ Packers - 12/12 - SNF

  15. Semana 15: Bears vs Vikings - 20/12 - MNF

  16. Semana 16: Bears @ Seahawks - 26/12

  17. Semana 17: Bears vs Giants - 02/01

  18. Semana 18: Bears @ Vikings - 09/01



(Robin Alam/Icon Sportswire/Getty Images)

No primeiro Sunday Night Football da temporada, a franquia de Chicago vai até Los Angeles encarar os Rams. Um dos favoritos ao Super Bowl, o time capitaneado por Aaron Donald manteve suas peças defensivas e melhorou o ataque, em movimentações como a aquisição de Matthew Stafford. Andy Dalton deve ser o quarterback titular dos Bears no primeiro jogo da temporada, e precisará estar bem protegido por sua nova linha ofensiva se quiser marcar contra o grande front seven da equipe da costa oeste.


Em seu sétimo jogo, os Bears terão de enfrentar os atuais campeões da NFL, os Buccaneers. Em uma partida onde os ataques não funcionaram, a equipe de Chicago saiu vencedora, no ano passado. Contudo, desta vez os Buccs se encontram muito mais equilibrados, com Tom Brady buscando a revanche contra Khalil Mack e companhia. O duelo será em Tampa, mais um complicador. Os bicampeões são francos favoritos.


(Photo by Robin Alam/Icon Sportswire via Getty Images)

Na partida que concluirá a metade da temporada, os Bears visitam o Pittsburgh Steelers. O time mandante também teve um ataque instável em 2020, mas dispõe de jogadores defensivos que foram fundamentais na obtenção de 11 vitórias consecutivas naquela oportunidade. A essa altura da temporada, Justin Fields provavelmente já terá se tornado o QB titular da equipe de Chicago, mas isso não torna o confronto menos desafiador. Outro jogo de primetime imperdível da franquia.


Semana 13, Justin Fields versus Kyler Murray. O que acham? Neste que pode ser o primeiro de muitos encontros entre os dois quarterbacks da nova geração, muita coisa entra em campo. Também há o duelo tático entre Matt Nagy e Kliff Kingsbury, conhecidos por ter ataques “agressivos” em campo, com passes curtos em estilo West Coast Offense e Air Raid, mas que ainda estão devendo na Liga. O Arizona Cardinals conta também com JJ Watt e DeAndre Hopkins, estrelas que certamente dificultarão o desempenho da franquia de Illinois. Partida interessantíssima e imprevisível.


Poucas semanas depois, os Bears vão até Seattle enfrentar os Seahawks, de Russell Wilson. Logo após o fim da temporada 2020, a equipe de Chicago buscou a contratação do camisa 3, mas sem sucesso. Com uma das maiores propostas da história da NFL, em que os Bears ofereceram 3 escolhas de primeira rodada de Draft, uma de terceira rodada e jogadores titulares do elenco para contar com Wilson, como será que estará a cabeça do jogador? Os Seahawks vêm sofrendo com sua linha ofensiva, mas o ataque de Chicago ainda não engrenou. Enfim, será um jogaço de futebol americano no Lumen Field, na rodada natalina da temporada.


NÍVEL DO CALENDÁRIO: DIFICÍLIMO


Os Bears se reforçaram para 2021, mas o calendário não ajudou a franquia nem um pouco, deixando os seguidores da equipe preocupados. Justin Fields chega para ser uma solução de médio a longo prazo, pois são poucos os casos de quarterbacks calouros que dão conta do serviço logo em seu primeiro ano. Com a terceira sequência de jogos mais difícil da NFL, os campeões de 1985 devem demorar até se acertarem com as novas peças. A tendência é que 2021 seja um ano de altos e baixos para Chicago, ficando no máximo na briga por uma vaga de wild card. Os Bears não são os favoritos ao título da NFC Norte para esta temporada mas, caso o QB recém-draftado confirme as expectativas, certamente estarão na briga pelo Super Bowl por muitos anos.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png