• Pedro Zaniol

49ers não trocou Jimmy Garoppolo (até agora), o que a franquia vai fazer?

No dia 26 de março de 2021, o San Francisco 49ers fez um movimento que mudou o futuro próximo da franquia. Subiu da 12ª posição no draft para a 3ª posição no draft em troca com o Miami Dolphins, para isso, teve que mandar uma escolha de 1ª rodada e uma de 3ª no draft de 2022 e mais uma escolha de 1ª rodada em 2023. Em uma classe de quarterbacks com muita qualidade e com 5 jogadores especulados para sair na primeira rodada do draft, Kyle Shanahan e toda a franquia do 49ers dava uma mensagem bem clara para o resto da NFL, Jimmy Garoppolo não é a nossa resposta para o futuro e vamos atrás de um quarterback.



Um pouco mais de 1 mês depois dessa troca, no dia 29 de abril de 2021, San Francisco seleciona Trey Lance com a 3ª escolha, o quarterback de North Dakota State chegava na NFL como um projeto, muito novo (tinha 20 anos no dia da escolha), com pouca experiência de jogo (só um ano como titular no college), mas em compensação, com um teto para crescer demais, Lance é um atleta incrível, com 1,93m de altura e 103 kg, tem muita mobilidade para ganhar jardas com as pernas e o mais importante, um braço muito forte capaz de fazer lançamentos espetaculares.


Na temporada de 2021, o 49ers optou por fazer uma abordagem mais conservadora com seu novo quarterback, imitando o que o Kansas City Chiefs fez com Mahomes, quando foi reserva de Alex Smith no seu 1º ano na liga, e o time tinha motivos para isso, além da inexperiência de Lance, Jimmy Garoppolo, o outro quarterback do elenco, tinha levado o time para o Super Bowl na temporada de 2019.


Justin Tafoya/NCAA Photos/Getty Images

O ano se passou, Jimmy fez outra grande temporada, levando o 49ers para a final de conferência, Trey Lance jogou em 6 partidas (3 delas muito pouco, e em 2 foi titular) e ao final da temporada, a sensação que ficava, tanto pelos rumores quanto pelas entrevistas dos jogadores, técnicos e diretoria de San Francisco, era de que 2022 seria o ano Lance. Mas depois de algumas semanas da free agency, em que muitos quarterbacks mudaram de time, Jimmy Garoppolo continua no elenco do niners, e o mercado para quarterbacks diminuiu bastante e uma troca antes do draft parece bem improvável.


Essa troca não aconteceu ainda por dois motivos, a primeira é que depois da boa temporada, o valor por Jimmy subiu, e poucos times estavam dispostos a pagar por ele o que o time da Califórnia estava (e ainda está) pedindo, e o outro é que San Francisco não está desesperado para fazer essa transição, se em 2021 a comparação da situação era com a de Alex Smith e Mahomes no Chiefs, em 2022 já começam comparações com Favre e Rodgers em Green Bay e até uma dupla de quarterbacks que da muita saudade para a torcida do niners, Steve Young e Joe Montana. Não estou dizendo que Lance e Garoppolo estão nos níveis desses jogadores, mas que a situação, de uma disputa entre dois bons jogadores no elenco, em que o time não precisa correr para fazer uma escolha e pode deixar os dois disputar em campo quem vai ser o titular.


Foi exatamente isso que falou o CEO da franquia, Jed York, em entrevista para a repórter da NBC Sports Jennifer Lee Chan. York afirmou que esse é um problema bom para se ter. Perguntado se Garoppolo pode fazer parte do elenco em 2022, ele respondeu:

“É um esporte profissional, se o Steve Young ficou 4 anos no banco, e ele é um Hall da fama. Se ele está disposto a fazer isso, se ele é competitivo o suficiente para isso, por que outra pessoa não pode?”

ele completa

“no final dos anos 80 e início dos 90, a batalha entre eles (Young e Montana) fez eles serem o melhor que eles poderiam ser. Se essa é a situação que nós temos, então você pode me dar essa dor de cabeça sempre.”

sportingnews.com

San Francisco se encontra em uma situação cômoda, em que o time tem um elenco qualificado que acabou de ficar entre as 4 melhores equipes da NFL, um quarterback veterano em seu último ano de contrato que tem qualidade para comandar esse time, como fez em 2020 ao levar o niners para o Super Bowl, e se algum time em busca de um quarterback fizer uma boa proposta por esse veterano, eles têm um jovem reserva, que está sendo lapidado para ser o futuro da franquia. A tendência é que, se essa proposta por Garoppolo não vier, ele fique e dispute a titularidade com Lance na pré-temporada, e quem Shanaham decidir ser o melhor, vai jogar como titular, com o outro sendo um reserva de luxo para a franquia. E esse reserva pode ser muito importante, em 2020 e 2021 Garoppolo teve lesões, em 2020, o time não tinha plano b, e como ele perdeu 10 jogos o niners não foi para os playoffs, em 2021, com Lance como seguro, Garoppolo perdeu 2 jogos, Lance venceu 1 desses jogos, o que acabou sendo muito importante, pois com 2 derrotas o time não teria ido para os playoffs.


Acredito que Garoppolo ainda será trocado do 49ers, depois do draft, provavelmente ainda terá algum time precisando de quarterback, e uma proposta boa o suficiente para a franquia aceitar vai acabar chegando, e a Era Lance começará em San Francisco. Se esse não for o caso e Garoppolo continue, na minha opinião ele será o reserva, e vai ser aquela sombra boa para Lance, um jogador que vai tirar o jovem da zona do conforto sabendo que tem um veterano pronto para assumir seu lugar se ele não vencer jogos. E para você torcedor, quem você gostaria de ver como titular do niners, Jimmy ou Lance? E você acha que a franquia está fazendo certo em manter o veterano? Ou deveria aceitar qualquer proposta para se livrar logo dele? Fale tudo o que você pensa nos comentários aqui embaixo.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png