• Gabriel Pedrão

3 Jogadores Aposentados que Salvariam o Tampa Bay Buccaneers

O Tampa Bay Buccaneers são os atuais campeões do Super Bowl, com uma defesa sólida e um ataque eficiente, contando com o maior campeão da história da NFL, Tom Brady. Além disso, a equipe conseguiu renovar o contrato de todos os seus titulares e contou com algumas contratações pontuais, como o running back experiente Giovani Bernard. Por isso, os jogadores que serão citados aqui não salvariam a temporada da franquia, mas ajudariam na composição do elenco e dariam opções para o futuro do time.



Steve Young


Owen C. Shaw/Getty Images

O Tampa Bay Buccaneers tem em seu elenco o maior quarterback de todos os tempos e atual MVP do Super Bowl, Tom Brady, porém, precisamos lembrar que ele não é eterno, apesar de parecer. Com isso, uma necessidade da franquia é um Franchise QB para o futuro, visto que a aposentadoria de Brady está cada vez mais próxima.


Assim, o primeiro nome que vamos citar aqui é Steve Young, sendo o primeiro escolhido no Draft suplementar de 1985, pela equipe de Tampa Bay. Seus dois primeiros anos na liga foram ruins, com 19 jogos, 53,3% de passes completos e 11 touchdowns passados. Young foi trocado para o San Francisco 49ers após a temporada de 1986, com os Bucs recebendo uma segunda e quarta escolha no draft seguinte.


Os primeiros anos nos 49ers também não foram empolgantes, já que o jogador passou suas quatro primeiras temporadas na reserva do lendário Joe Montana. Porém, quando teve oportunidade de mostrar o seu trabalho, correspondeu a altura. Em 1991, participou de 11 partidas, passou para 2517 jardas e 17 touchdowns. Já no ano de 1992, conseguiu jogar todas as semanas e foi eleito o MVP da NFL, com 3465 jardas passadas, 25 touchdowns e 7 interceptações.


Foi campeão e MVP do Super Bowl XXIX, o seu primeiro título como titular e terceiro da carreira. Foi eleito para o Hall da Fama do futebol americano em 2005, sendo considerado um ícone do esporte.


Se Young se mantivesse saudável, já que só teve 3 temporadas completas em 15 anos de carreira, seria o substituto ideal para Tom Brady e para o Tampa Bay Buccaneers.


Tim Brown


Al Messerschmidt/Getty Images

O segundo jogador que viria para suprir uma necessidade futura da franquia é o wide receiver Tim Brown, draftado na sexta escolha do draft de 1988, pelo, até então, Los Angeles Raiders (hoje Las Vegas Raiders). Tim chegaria para ser o substituto de Chris Godwin, recebedor que está sob Franchise Tag e pode ficar livre no mercado após o final desta temporada.


Tim ganhou o Troféu Heisman, concedido ao melhor jogador do College, em 1987, antes de ser draftado para a liga. Em seus 17 anos de NFL, passou 16 defendendo os Raiders e o seu último atuando pelos Bucs, em 2004. Colecionou prêmios durante a sua carreira, sendo eleito 9 vezes para o Proo Bowl e 2 vezes para a segunda equipe do All-Pro, sendo eleito para o Hall da Fama em 2015.


Sua melhor temporada foi em 1995, onde teve 89 recepções, 1342 jardas recebidas e 10 touchdowns. Ao todo, teve 255 jogos (15 por Tampa Bay), 14934 jardas recebidas (200 pelos Bucs) e 100 touchdowns computados (apenas 1 pelos Bucs), sendo um ótimo reforço para o elenco do Tampa Bay Buccaneers em 2021.


Warren Sapp


Al Bello/Getty Images

O último aposentado selecionado para compor o elenco da franquia de Tampa Bay essa temporada é o defensive tackle Warren Sapp, que chegaria para disputar vaga com Vita Vea ou também poderia ser testado com Defensive End.


Warren foi draftado no ano de 1995, na 12° escolha, pelo próprio Tampa Bay Buccaneers, franquia em que conquistou todos os seus títulos individuais e coletivos na carreira. Sapp ficou 9 temporadas pelos Bucs, totalizando 140 jogos (sendo 130 como titular), 15 fumbles forçados e 77 sacks combinados. Com isso, o jogador foi indicado sete vezes ao Pro-Bowl, duas vezes para a segunda equipe do All-Pro, quatro vezes indicado a primeira equipe do All-Pro e eleito o defensor do ano de 1999. Em Tampa Bay também conquistou o Super Bowl XXXVII, válido pela temporada de 2002.


Em 2013 foi introduzido ao Hall da Fama do futebol americano, teve o seu número aposentado (99) e ganhou o Ring Of Honor dos Bucs.


Assim, temos os nossos três jogadores escolhidos para melhorar a temporada do Tampa Bay Buccaneers e ajudar em uma possível reconstrução do roster nos próximos anos.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png