• Aloisio Junior

3 jogadores aposentados que salvariam o New Orleans Saints

Após mais de uma década de sucesso, o time do Saints não é mais um dos favoritos ao título como era antes. A saída de Drew Brees escancara enormes dúvidas na principal posição do esporte. Jameis Winston e Taysom Hill, concorrentes ao cargo, ainda precisam provar que podem ser um franchise QB na NFL.



O resto do elenco também tem várias outras lacunas. Com exceção de Michael Thomas, o corpo de recebedores não tem opções confiáveis. Até mesmo Thomas teve dificuldades de se manter saudável no último ano, o que deixou clara a falta de profundidade no elenco. A defesa ainda precisa de mais algumas peças, especialmente entre os linebackers e cornerbacks.


Nesse momento de incertezas quanto ao futuro da franquia, vamos olhar para o seu passado para encontrar jogadores que poderiam ajudar o atual elenco. Confira a lista com os 3 jogadores aposentados que salvariam o New Orleans Saints.


LB Rickey Jackson


Créditos: Associated Press

Com exceção de Demario Davis, o grupo de linebackers é uma incógnita em New Orleans. A defesa chegou a trazer Kwon Alexander no meio da temporada passada para auxiliar o setor da equipe, mas, após um rompimento no tendão de Aquiles, não teve seu contrato renovado para 2021. A solução, no momento, parece ser a utilização do novato Pete Warner, escolha de segunda rodada. Embora promissor, o jovem vindo de Ohio State está longe de ser uma opção comprovadamente segura.


Com tanta incerteza, o lendário linebacker Rickey Jackson serviria como uma luva nessa defesa. Durante os quinze anos que jogou na NFL, treze foram com a camisa dos Saints, entre 1981 e 1993. Atualmente, Jackson é o detentor do recorde de mais sacks, tackles, fumbles forçados e fumbles recuperados dentre todos os defensores da história de New Orleans.


Rickey Jackson está em um grupo seleto de jogadores que fizeram mais de 100 sacks em toda a sua carreira, com 128. Um fato interessante é que sacks passaram a ser contabilizados como estatística somente a partir de 1982, na sua segunda temporada na liga, portanto, ele ainda tem 8 sacks não-oficiais realizados como rookie. Desde então, somente 35 defensores conseguiram mais de 100 sacks na carreira.


Em sua carreira, Jackson foi eleito ao Pro-Bowl em seis ocasiões. Em 1995, quando se aposentou, era o segundo jogador com mais sacks e o terceiro com mais fumbles recuperados na carreira na história da NFL. Todas essas credenciais o levaram ao Hall of Fame em 2010, o primeiro jogador dos Saints a conquistar a honra.


Um atleta desse nível fazendo dupla com Demario Davis tornaria, instantaneamente, o grupo de linebackers de New Orleans no melhor da NFL. Com a ótima linha defensiva do time, a defesa estaria entre as melhores de toda a liga.


WR Marques Colston


Créditos: Troy Taormina - USA Today Sports

Em 2020, o principal recebedor da equipe, Michael Thomas, perdeu mais da metade da temporada contundido. Nessas condições, o jogador do Saints com mais jardas aéreas foi o RB Alvin Kamara, com 756 jardas em 83 recepções. Os próximos principais alvos foram o WR Emmanuel Sanders e o TE Jared Cook que, além de decepcionarem por não terem sido mais produtivos, não farão parte da equipe na próxima temporada.


Apesar da volta de Michael Thomas, New Orleans ainda precisa de ajuda na posição de wide receiver. Se fosse possível, a chegada do WR Marques Colston seria um alívio para o time da Louisiana. Colston era um grande recebedor que utilizava seu corpo para dominar defensores menores que não tinham a menor chance no mano-a-mano. Ele jogou pelos Saints em toda sua carreira, entre 2006 e 2015, onde acumulou 711 recepções para 9752 jardas e 72 touchdowns. A escolha de sétima rodada do draft se tornou o líder de jardas recebidas de toda a história da franquia. Com Drew Brees como quarterback, ele teve mais de 1000 jardas recebidas em seis das dez temporadas de sua carreira.


Uma dupla com Michael Thomas, certamente, faria muito estrago na NFL. Caso defesas dobrassem a marcação em um, o outro sairia livre; se colocassem dois defensores em ambos, Kamara teria todo o espaço do mundo. Se voltasse da aposentadoria, Marques Colston poderia formar uma das parcerias de recebedores mais letais da liga.


QB Drew Brees


Créditos: Chuck Cook - USA TODAY Sports

Não é fácil substituir o símbolo de uma franquia, ainda mais um futuro Hall of Famer. Com a sua aposentadoria, Drew Brees deixa um enorme legado para o New Orleans Saints. Um ano após o terrível furacão Katrina, que assolou a cidade em 2005, o QB chegou com o propósito de reerguer toda a comunidade através do time. Três anos após a sua chegada, o time da Louisiana ganhava o Super Bowl pela primeira e única vez em sua história


Dentro do campo, Drew Brees foi, por muito tempo, desacreditado. Por conta da sua baixa estatura para um QB, muitos pensaram que não seria capaz de jogar em alto nível na NFL, mas ele mostrou que todos estavam errados. Com uma incrível capacidade de fazer leitura rápidas e manipular defensores, ele quebrou inúmeros recordes da franquia e da liga.


Nos rankings da história da NFL, o Brees é o atual líder de jardas lançadas, com 80358 jardas. Ele também é o segundo jogador com mais passes para TD (571), atrás somente de Tom Brady. Durante os quinze anos no comando do ataque do Saints, o QB foi o líder de jardas aéreas entre todos os jogadores em sete temporadas, além de ter sido eleito ao Pro-Bowl em doze ocasiões.


A recente aposentadoria de Drew Brees criou uma grande lacuna na posição de QB da equipe. O HC Sean Payton, que trabalhou junto ao QB desde sua chegada em New Orleans em 2006, vai ter que decidir entre dois jogadores que são questionados por motivos diferentes. Taysom Hill ainda não provou ser nada além de um jogador que entra em trick plays. Jameis Winston ficou conhecido pela sua temporada com o altíssimo número de 30 interceptações, embora tenha sido o líder em jardas aéreas daquele ano. Independente da decisão, ela não será unânime.


O retorno do Drew Brees de seus anos áureos acabaria com todas as dúvidas e ainda elevaria o nível do time. Como isso não é possível, o torcedor dos Saints vai ter que se contentar com a escolha do técnico.


E você, torcedor do Saints, concorda que esses jogadores salvariam o time? Conta para a gente nos comentários quem você gostaria de ver na lista que foi deixado de fora.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png