• Lucas Rocha

2022 pode ser o ano da volta por cima do Denver Broncos

O torcedor do Denver Broncos tem motivos de sobra para comemorar. Desde que Peyton Manning se aposentou da NFL, em 2015, a equipe vem sofrendo com quarterbacks abaixo da média, péssimas escolhas de comissão técnica e decepções. Mas tudo isso pode mudar em 2022, com a equipe tendo feito uma ótima offseason que pode colocar a franquia do Colorado de volta ao estrelato.


Para começar, o Broncos foi atrás de seu franchise quarterback ao enviar Drew Lock, Noah Fant e escolhas de draft pelo veterano Russell Wilson. Não só pela sua qualidade dentro de campo, Wilson traz um ar diferente para a franquia do Colorado (e não é o ar rarefeito da região), e todos sentem que 2022 pode, finalmente, ser o ano do Broncos dar a volta por cima. Mas, além de Wilson, a troca da comissão técnica é extremamente satisfatória, e a chegada de Nathaniel Hackett ajuda a potencializar essa ideia de mudança. O antigo coordenador ofensivo do Green Bay Packers traz uma mudança no pensamento da equipe, que era comandada por um ex-coordenador defensivo.


Apresentação de Nathaniel Hackett, novo HC do Broncos. Créditos: Hyoung Chang/MediaNews Group/The Denver Post via Getty Images

Com as mudanças e as contratações, o Broncos se tornou um potencial contender, que só não fica na primeira prateleira devido ao fato da AFC ter ficado mais competitiva com as diversas trocas feitas pelas principais equipes (como o fato do Chargers reforçar a defesa com nomes de peso como J.C. Jackson e Khalil Mack). Porém, a mudança de ares no Broncos é muito semelhante a 2012, ano da chegada de Peyton Manning à equipe (tendo sido derrotado no Super Bowl pelo próprio Russell Wilson). E, não só os torcedores, como a própria NFL entendeu essa mudança, colocando o Broncos com cinco jogos de horário nobre e sem nenhum outro jogo junto (Thursday Night Football, Monday Night Football e Sunday Night Football).


Em participação no programa Broncos TV, Russell Wilson falou sobre a mudança de Seattle para Denver e sua adaptação de cidade e elenco. Junto de Wilson, o S Justin Simmons falou um pouco sobre como interpreta o “barulho” da mídia com o time.


Justin Simmons, safety do Broncos. Créditos: Helen H. Richardson/MediaNews Group/The Denver Post via Getty Images

“Acho que entendo [a mudança] como uma jornada, sobre fazer algo novo, é uma nova oportunidade,” disse Wilson. “É uma nova oportunidade de termos um recomeço, é uma nova oportunidade de sermos desafiados, mas ainda é a mesma missão. Eu acho que é a mesma missão de fazermos bem o processo. Eu acredito que muitas pessoas se perdem por não quererem mais fazer esse processo. Ou eles fazem bem feito... acaba se tornando uma daquelas coisas que você esquece que está passando por isso. Eu amo isso, ter vindo para cá, ver meus novos companheiros de equipe e estar junto deles, os caras estão viciados em melhorar. Isso torna tudo ainda mais emocionante para mim. Mas, no fim do dia, nada disso importa. Todas essas conversas, tudo isso que acontece fora de campo – isso é bom, é emocionante, mas a única coisa é, temos que entender essa missão a cada dia que estamos aqui... é sobre isso que é o football.”

Mesmo com o Broncos tendo melhorado muito, ainda há diversos desafios para serem vencidos. O primeiro é a adaptação a um novo esquema e a química com os novos jogadores, desafio que terá que ser vencido principalmente por Wilson e os membros do ataque. Depois, há a AFC West, que subitamente se tornou a melhor divisão da liga em termos de talento (afinal, uma divisão com Wilson, Mahomes, Herbert e Carr não é de se jogar fora) e torna a briga pelo topo mais acirrada ainda. Depois, a própria conferência, com alguns times médios da AFC melhorando bastante (vide Dolphins e Browns).


Russell Wilson. Créditos: AAron Ontiveroz/MediaNews Group/The Denver Post via Getty Images

O Denver Broncos melhorou muito para 2022, tendo reforçado a equipe de diversas maneiras. Embora ainda esteja uma prateleira abaixo dos princpais contenders da AFC (Chiefs, Bills e Bengals), o Broncos tem tudo para dar a volta por cima em 2022 e finalmente voltar ao topo.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png