• Lucas Rocha

2022 pode ser a última temporada de Ezekiel Elliott no Cowboys

Aos 28 anos, Ezekiel Elliott pode estar entrando no seu último ano vestindo a camisa do Dallas Cowboys. Isso porque, ao final da temporada 2022, Zeke não terá mais nada de dinheiro garantido contando em seu contrato e, dado diversos fatores, Zeke pode ser cortado da equipe.


Draftado na 4ª escolha geral do draft de 2016, Zeke começou sua carreira da NFL sendo um fenômeno e provando que valeu muito a pena ser escolhido naquela posição. Em 2019, Zeke assinou uma extensão contratual de 6 anos e $90 milhões de dólares, sendo $50 milhões totalmente garantidos. Porém, desde que assinou a extensão, a produção de Zeke caiu drasticamente, tendo 65.3 jardas por jogo em 2020 e 58.9 jardas por jogo em 2021 (ambas marcas mais baixas da carreira). Foram cinco lesões somando as duas temporadas, e Zeke deixou de ser considerado um dos melhores RBs da liga.


Tom Pennington/Getty Images

Um dos grandes fatores que possibilitam um corte é, novamente, a questão salarial. Para a temporada 2022, Zeke pesa $18.22 milhões de dólares na folha salarial do Cowboys. Caso seja cortado, porém, Zeke passa a pesar incríveis $30.08 milhões de dólares de dead cap, um valor absurdamente alto (ainda mais para um RB). Esses números diminuem drasticamente em 2023, quando Zeke passa a pesar $16.72 milhões de dólares na folha salarial e, caso seja cortado, conta “apenas” $11.86 milhões de dólares na folha salarial.


Outro fator que pode fazer o Cowboys decidir cortar Zeke é a concorrência. Devido aos problemas de lesão na temporada passada, Elliott perdeu parte do protagonismo e, devido a isso, Tony Pollard cresceu muito. Entrando em seu quarto e último ano do contrato de calouro, Pollard nunca foi tão dominante como Zeke, mas pode servir como um bom RB protagonista no ataque do Cowboys. Com a liga cada vez mais baseada no jogo aéreo, um RB protagonista passa a ser cada vez menos necessário, ainda mais com um contrato alto como o de Zeke.


Tom Pennington/Getty Images

Um dos melhores RBs da última década, Zeke teve seus três primeiros anos muito acima da média, chegando a concorrer ao prêmio de MVP já em sua temporada de calouro. Seu alto valor, aliado a queda de rendimento e as lesões, podem fazer com que seus dias com a estrela no capacete estejam chegando ao fim.

BANNERLATERAL_TRAKTOR.png
BANNERLATERAL_FANATICA.png